Gabigol faz hat-trick, bate recorde e Flamengo dá show contra o Bahia

Gabigol foi o nome do jogo ao decidir pelo Flamengo contra o Bahia, além de bater mais um recorde histórico em jogos pelo Brasileirão

Fabrício Carvalho
Jornalista formado / Rio de Janeiro. Redator de notícias, artigos e relatos sobre futebol nacional e internacional, basquete e esportes americanos.

Crédito: Alexandre Vidal / Flamengo

Bahia Bahia 0-5 Flamengo Flamengo
Brasileirão 2021 - 12ª Rodada

Em uma das melhores atuações da temporada, o Flamengo goleou o Bahia por 5 a 0 neste domingo (18), em jogo válido pela 12ª rodada do Brasileirão no Estádio Pituaçu em Salvador, com direito à hat-trick de Gabigol.

O artilheiro rubro-negro foi o responsável por abrir o placar com gol de pênalti e ampliar a vantagem antes do intervalo, tranquilizando a situação do Flamengo que já dominava completamente as ações.

No segundo tempo, o Bahia permitiu mais espaços ao tentar sair mais e equilibrou as ações, inclusive com bola na trave. Porém, Gabigol tranquilizou o torcedor rubro-negro ao marcar seu terceiro gol e ultrapassar a marca de Bebeto em gols marcados pelo Flamengo no Brasileirão.

Mesmo com o jogo encaminhado, o Flamengo seguiu atacando para construir uma larga vitória, com dois jogadores que saíram do banco. Pedro marcou o quarto e Vitinho fez o quinto gol, fechando a goleada.

Com a vitória, o Flamengo chegou a 18 pontos no Brasileirão, alcançando  o G6 com dois jogos a menos. Enquanto isso, o Bahia caiu para oitavo lugar, com 17 pontos conquistados.

Primeiro tempo

Diferentemente do jogo contra o Defensa y Justicia, o Flamengo se impôs totalmente no campo adversário e dominou o primeiro tempo, permitindo poucos espaços para o Bahia que tentava construir rapidamente em alguns oportunidades.

O Flamengo quase abriu o placar em duas jogadas de Gabgol. Aos 2, foi lançado por Everton Ribeiro na área e chutou em cima do goleiro. Aos 3′, lançou Michael na esquerda e o atacante chutou direto, passando perto.

Nino Paraíba tentou responder para o Bahia aos 5′ depois de receber bom passe de Rodriguinho pela direita. Ao limpar os marcadores, bateu na entrada da área, mas acabou isolando.

Na pressão, o Flamengo chegou novamente aos 13′ com perigo. William Arão recebeu na intermediária e arriscou de longe, mas a bola passou rente à trave direita de Matheus Teixeira.

Aos 17′, Rossi tentou chegar pela esquerda e conseguiu passar pela marcação, invadindo a área, mas a defesa rubro-negra conseguiu afastar um lance promissor para o Bahia no primeiro tempo.

Retomando a pressão, o Flamengo chegou novamente com perigo na cobrança de escanteio aos 19′, com Arrascaeta lançando na área e Gustavo Henrique cabeceando em bola que foi desviada para o escanteio.

Depois de pressionar muito fora de casa, o rubro-negro chegou ao pênalti. Aos 21′, Nino Paraíba derrubou Arrascaeta dentro da área. O VAR confirmou e Gabigol abriu o placar aos 23′ do primeiro tempo, deslocando o goleiro adversário.

Gabigol mal havia marcado o primeiro e já estava perto do segundo gol. Aos 25′, foi lançado na intermediária e fez a infiltração chutando, mas desta vez, melhor para o goleiro Matheus Teixeira.

O Bahia ainda tentava manter-se no jogo. Aos 32′, Rossi foi lançado na intermediária esquerda e limpou a marcação pelo meio, completando  com pouca força, facilitando para Diego Alves defender.

Porém, a noite parecia ser mesmo do Flamengo. Aos 41′, Isla recebeu ótimo lançamento de Arrascaeta e cruzou para trás área Gabgol completar de primeira e vencer Matheus Teixeira, marcando o segundo gol.

 

Segundo tempo

Precisando buscar o resultado, o Bahia voltou do intervalo tentando pressionar mais o Flamengo e conseguiu assustar os rubro-negros no início do segundo tempo. Aos 7′, Gilberto recebeu de Rodriguinho pela direita e chutou cruzado dentro da área, em bola que foi para fora.

Aos 8′, Matheus Galdezani recebeu de fora da área e arriscou um chute muito firme no ângulo superior direito. A bola só não entrou porque Diego Alves conseguiu encostar na bola, que foi parar na trave.

O lance armou o contra-ataque para o Flamengo. Gabigol foi lançado e Conti ficou pelo caminho, ficando totalmente livre. No duelo individual contra o goleiro, Matheus Teixeira defendeu com os pés.

Quando o jogo parecia que estava prestes a ficar equilibrado, Gabigol decidiu. Aos 17′, o artilheiro foi lançado por Everton Ribeiro, invadiu a marcação e bateu rasteiro na saída do goleiro para completar o hat-trick com um verdadeiro golaço.

Depois de abrir 3 a 0, Renato Gaúcho fez diversas alterações na equipe buscando preservar jogadores para o jogo de volta da Libertadores. Renê, Pedro, João Gomes e Vitinho entraram, enquanto Pablo foi acionado no lugar de Rodriguinho no Bahia.

Dominante na partida, o Flamengo ainda conseguiu chegar ao quarto gol. Aos 29′, Vitinho lançou na pequena área pela direita e Pedro completou com voleio sensacional dentro da grande área, sem chances para Matheus Teixeira defender, ampliando a goleada.

Para completar a goleada, Arrascaeta fez grande jogada na entrada da área para servir Vitinho pelo meio, que chegou chutando de primeira para marcar o quinto gol, aos 39′ do segundo tempo, fechando a vitória.

 

 

FICHA TÉCNICA
BAHIA 0-5 FLAMENGO

Data: 18/07/2021, 18:15
Estádio: Pituaçu
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio

Gols: 1T 23′ Gabigol (Flamengo); 1T 41′ Gabigol (Flamengo); 2T 17′ Gabigol (Flamengo); 2T 29′ Pedro (Flamengo); 2T 39′ Vitinho (Flamengo)

Substituições – Bahia: Juninho Capixaba (M.Bahia); Douglas (T.Anderson); Pablo (Rodriguinho); Lucas Araujo (Galdezani); Edson (Lucca)

Substituições – Flamengo:  Renê (Filipe Luis); João Gomes (Diego); Pedro (Gabigol); Vitinho (Michael); Rodinei (Isla)

Bahia (4-1-4-1): Matheus Teixeira; Nino Paraíba, Germán Conti, Ligger, Matheus Bahia; Matheus Galdezani, Patrick de Lucca, Thonny Anderson; Rossi, Gilberto e Rodriguinho.

Flamengo (4-4-2): Diego Alves – Mauricio Isla, Gustavo Henrique, Léo Pereira, Filipe Luís; Diego, Willian Arão; Everton Ribeiro, Giorgian de Arrascaeta, Michael e Gabriel Barbosa.

LEIA MAIS