Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Hipismo: Equipe do Brasil de adestramento ocupa o 11º lugar na final olímpica

O cavaleiro Carlos Parro competiu na noite de sexta-feira (30) na prova de cross country, e fechou o dia na 44º posição nas Olimpíadas de Tóquio 2020

Marjoriê Cristine
Colaborador do Torcedores

Foto: Equipe do Brasil de hipismo no adestramento disputa as Olimpíadas de Tóquio 2020

Dois brasileiros competiram no segundo dia das provas de adestramento individual e por equipes no hipismo. Marcelo Tosi completou a etapa de cross country individual com 31,50 de penalidades. Já Carlos Parro teve 36,10 de penalidades na prova olímpica de Tóquio 2020. Com a competição desta sexta-feira (30), o Brasil aparece em 11º no conjunto, com 103.60 de penalidades.

Além dos três cavaleiros, Márcio Appel também compôs o time Brasil na prova por equipes do hipismo. A Grã-Bretanha lidera, com apenas 78,30 pontos perdidos, seguida da Alemanha, com 80,40 pontos perdidos, e da Nova Zelândia, com 86,40 pontos perdidos.

Já no individual, Marcelo Tosi está em 21º, Rafael Losano, que competiu na quinta-feira, ocupa a 43º posição (com  36,00 de penalidades) e Carlos Parro em 44º.

LEIA MAIS:

Sensação do vôlei, Douglas alcança 3 milhões de seguidores no Instagram

Olimpíadas: Agenda do dia 30/31 de julho; com estreias, fases eliminatórias e busca de medalhas

Olimpíadas de Tóquio 2020: Confira o quadro de medalhas completo

Simone Biles desiste de outras duas finais da ginástica nas Olimpíadas de Tóquio