Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

João Victor fala sobre dupla com Gil na zaga do Corinthians e faz planos: “Vocês vão ver onde vamos terminar o Brasileirão”

Defesa do Corinthians é a segunda melhor defesa do Brasileirão, atrás apenas do Flamengo

Flavio Souza
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Reprodução / Instagram oficial João Victor

Depois de um começo ruim com Sylvinho, o Corinthians vem apresentando uma nítida evolução no setor defensivo. Hoje o Timão sofreu sete gols no Brasileirão, um a mais que o Flamengo e mesmo número sofrido pelo Atlético-GO. Mas na média, a defesa paulista é a melhor. Isso porque o clube completou nove jogos, enquanto cariocas e goianos fizeram sete e oito partidas, respectivamente.

Boa parte desse sucesso está com João Victor e Gil. A dupla de zaga vem tendo atuações elogiadas pela torcida. O jovem zagueiro inclusive celebra a possibilidade de poder atuar ao lado do experiente zagueiro.

Essa dupla tem dado muito certo, Gil é um cara experiente, que me passa conselhos, que me ajuda na concentração da partida, tenho muito a agradecer. Acho que posso agregar em juventude, em me dedicar, correr numa bola extra, numa saída de bola. Experiência e juventude estão se encaixando bem, espero que a gente siga bem no campeonato.”.

Corinthians luta contra o rebaixamento?

Ao ser perguntado sobre as chances do Timão no campeonato, João Victor deixou claro que o elenco ignora os comentários de que o time irá lutar apenas contra o rebaixamento.

“Sobre o que o povo fala ou o que os repórteres falam sobre a gente brigar lá embaixo, nós nem levamos em consideração. A gente sabe o tanto que se dedica e trabalha. Vamos brigar lá em cima. Depois vocês vão ver onde vamos terminar o campeonato.”

Falhas individuais

Por fim, João Victor reconheceu que errou em dois lances pontuais recente (São Paulo – Paulistão / Red Bull Bragantino – Brasileirão), mas negou que Sylvinho tenha chamado o zagueiro para uma conversa individual.

“Não teve nenhuma conversa específica (de Sylvinho) comigo, mas eu sei que errei nos dois lances, tenho autocrítica. A gente nunca entra em campo querendo errar, eu errei, serviu de aprendizado, agora tento estar mais concentrado para não acontecer mais isso. Tenho certeza de que não vai.”

LEIA MAIS:

Corinthians muda contra a Chapecoense; veja a provável escalação

Corinthians possui “esperança” para vencer concorrência do Flamengo e contratar Renato Augusto