Lutadora do UFC é acusada de violência doméstica por ex-namorada

Priscila Pedrita foi denunciada por ex por agressões e uso de drogas, além de conseguir ordem restritiva contra a peso-mosca; Lutadora rebate acusações

Victor Martins
Um homem que acredita ser jornalista, escritor e 'chato'. Decidam vocês qual será a opção escolhida.Formado na Universidade Metodista de São Paulo. No Torcedores desde 2016 ou algo parecido.

Crédito: Reprodução/Instagram Priscila Pedrita Cachoeira

Mais uma vez o UFC se vê com envolvidos em casos de violência doméstica. Desta vez, é a brasileira Priscila Pedrita que vem sendo alvo de acusações de agressão feitas pela ex-namorada, Marcelle Nunes, segundo informações publicadas no site MMAFighting.

O site coloca que Marcelle conseguiu uma ordem de restrição contra Priscila no último dia 7, com pelo menos três incidentes denunciados pela ex-namorada da peso-mosca do Ultimate. O mais recente deles acontecido em fevereiro deste ano. Na época, Pedrita havia se mudado para o Pará, onde atualmente treina com o time de Deiveson Figueiredo (ex-campeão dos moscas da organização). Na denúncia, diz que a lutadora lhe deu chutes no corpo enquanto estava bêbada e sob efeito de drogas durante uma briga. Marcelle acabou cortando a mão com vidro durante a briga e teve que fazer cirurgias que a deixaram com movimentos limitados das mãos.

Os outros dois incidentes de suposta violência doméstica de Pedrita contra a ex-namorada foram em 2019. No primeiro, quando ambas viviam ainda no Rio de Janeiro, a lutadora do UFC teria, no relato de Marcelle, a puxado pelo cabelo e derrubado no chão, desferindo uma série de chutes até que o sangue de um corte na cabeça a fez parar. No segundo, a ex de Pedrita alega que quase perdeu um dente depois de ser nocauteada por um soco da luta.

Depois da recente ameaça, Marcelle Nunes retornou para Bagé (RS), onde vivia, e tentou com uma ordem de restrição afirmando que Priscila Pedrita a ameaçou depois de encerrar o relacionamento e que a lutadora fazia uso de drogas e álcool. Segundo Nunes, foram diversas amaças feitas pela contratada do Ultimate contra si nas várias tentativas que fez de se distanciar de Pedrita.

“Dormia com medo. Antes de ir para Bagé, avisei para a Priscila para me esquecer e disse que eu tinha medo que ela fizesse algo comigo. Meus amigos e familiares queriam que eu entrasse com essa ordem de restrição e com a denúncia. Meus pais não se sentem seguros quando saio. Mesmo em casa, não me sinto em paz porque temo que algo vai acontecer comigo”, relatou Marcelle.

Pedrita rebate acusações: querem manchar minha carreira

Também ao site, Priscila Pedrita deu declarações rebatendo as acusações de violência doméstica de sua ex-namorada. Na nota, a peso-mosca alega que ‘nunca agrediu’ Marcelle e que todas as acusações seriam ‘mentiras com o intuito de manchar sua imagem’ perante o mundo do MMA.

“Jamais agredi a Marcelle. Ela perdeu várias vezes o controle quando discutíamos mas nunca pus a mão nela. Nosso relacionamento acabou, mas ela vive inventando mentiras com o intuito de me manchar e causar aspectos negativos psicologicamente. Também gostaria de dizer que faço constantemente exames anti-doping, por isso essas acusações são claras em querer atrapalhar minha carreira”, disse a lutadora do UFC.

LEIA MAIS

Olimpíadas: Pandemia força mudanças em esquema para entrega de medalhas