Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Mais uma alteração entre os técnicos da Série B: Brasileirão chega a 11 mudanças

Técnico entregou o cargo depois de não conseguir um bom resultado no Campeonato Brasileiro

Beatriz Paparazo
Jornalista formada pela Anhembi Morumbi em 2018 e Editora no Torcedores.com desde maio de 2019 Contato: beatriz.araujo@navve.com

Crédito: Divulgação/CBF

O treinador Mozart  estava no comando do Cruzeiro desde junho deste ano, mas não conseguiu fazer um bom trabalho com o time mineiro no Brasileirão. Depois do empate por 2 a 2 contra o Londrina, em casa, no Mineirão, o técnico deixou o cargo e agora a diretoria busca um substituto.

A 15ª rodada ainda está em andamento, mas, por enquanto, o Cruzeiro é 16º colocado, com 13 pontos conquistados em 15 jogos, sendo apenas  duas vitórias, sete empates e seis derrotas. Em 2020 o clube não conseguiu o acesso de volta para a Série A e acabou a competição em 11º, com 49 pontos.

Cruzeiro

Após ser eliminado no Campeonato Mineiro, na Copa do Brasil, Felipe Conceição foi demitido do Cruzeiro no começo de junho. Mozart Santos assumiu a equipe.

Vila Nova

Quem também trocou de técnico foi o Vila Nova, que era comandado por Wagner Lopes. O treinador não resistiu depois de perder três partidas seguidas no Campeonato Brasileiro.

Vitória 

Também em junho, Rodrigo Chagas deixou o comando do Vitória no meio da competição. Ramon Menezes chegou para dirigir o time.

Remo

Último colocado do Brasileirão, o Remo anunciou em junho a demissão de Paulo Bonamigo. Em julho, Felipe Conceição foi oficializado pela equipe paraense.

CSA

Em julho, Bruno Pivetti  deixou o comando do CSA. O treinador tinha chegado em abril deste ano, pouco antes do início do Campeonato Brasileiro.

Londrina

No último final de semana, Roberto Fonseca  deixou de ser treinador da equipe. O técnico estava no comando do Londrina desde março de 2021.

Botafogo

Em julho, o Botafogo anunciou a demissão do técnico Marcelo Chamusca. O treinador estava no comando da equipe desde fevereiro deste ano.

Goiás

Mesmo estando na zona de classificação e fazendo boa campanha na competição, o clube demitiu Pintado, por problemas internos.

Vasco

O técnico do clube, Marcelo Cabo, não resistiu a campanha que fazia com o Vasco e foi demitido.  Lisca já foi oficializado na equipe e estreou com uma goleada por 4 a 1 contra o Guarani.

Confiança

Demitiu o técnico técnico Rodrigo Santana, depois de 14 rodadas, em que a equipe tinha somado apenas 10 pontos e estava na lanterna na competição.

Confira quais são os técnicos dos clubes que disputam o Brasileirão Série B:

Náutico: Hélio dos Anjos está no comando da equipe desde 2020
Coritiba: Gustavo Morínigo está no comando da equipe desde o começo de 2021
Sampaio Corrêa: Felipe Surian está no comando da equipe desde abril de 2021
Goiás: aguardando contratação
Operário: Matheus Costa está no comando da equipe desde Outubro de 2020
CRB: Allan Aal está no comando da equipe desde maio de 2021
Vasco:  Lisca está no comando da equipe desde julho de 2021
Brusque: Jerson Testoni está no comando da equipe desde setembro de 2019
Guarani: Daniel Paulista está no comando da equipe desde maio de 2021
Vila Nova: Higo Magalhães está no comando da equipe desde junho de 2021
Botafogo: Enderson Moreira  está no comando da equipe desde julho de 2021
CSA:  Ney Franco foi anunciado esta semana, no dia 12 de julho
Confiança:  aguardando contratação
Avaí: Claudinei Oliveira está no comando da equipe desde dezembro de 2020
Cruzeiro:  aguardando contratação
Londrina: aguardando contratação
Brasil de Pelotas: Claudio Tencati está no comando da equipe desde outubro de 2020
Ponte Preta: Gilson Kleina está no comando da equipe desde maio de 2021
Remo: Felipe Conceição está na equipe desde julho de 2021
Vitória: Ramon Menezes está na equipe desde junho de 2021

Leia mais:

Clássico carioca, líder contra segundo colocado e mais: Tudo sobre a 15ª rodada do Brasileirão Série B
Derrota do Remo, Náutico invicto e mais: Resumo da 14ª rodada do Brasileirão Série B