Mercado da Bola: Clube colombiano desistiu de Borja, do Palmeiras, após descobrir que jogador foi oferecido a outros times

Atacante pode ir para gigante sul-americano

Matheus Camargo
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Gabriel Aponte / Getty Images

O Palmeiras não inscreveu Miguel Borja na fase mata-mata da Copa Libertadores e quer vender o atleta nas próximas semanas. O Boca Juniors é o maior interessado no colombiano, mas o time mais forte na busca pelo centroavante era o Junior Barranquilla, clube no qual o camisa 9 se destacou em empréstimo do Verdão.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

Porém, segundo a rádio LA FM, de Bogotá, o Junior desistiu do negócio após descobrir que o Palmeiras teria oferecido Borja a outros clubes do Brasileirão e até mesmo da Major League Soccer (MLS), dos Estados Unidos, durante as tratativas pela venda definitiva do jogador ao time de Barranquilla.

“Borja está de folga alguns dias após a Copa América e espera definir seu futuro antes que termine o período de inscrições no Brasil. Junior Barranquilla descartou após saber que há poucos meses o Palmeiras o havia oferecido a outros clubes do Brasileirão e também da MLS, mas sem muito sucesso”, publicou a rádio em seu portal.

O Boca Juniors quer Borja e o Palmeiras já teria aceitado a proposta do gigante sul-americano. O problema agora é o acordo salarial com o centroavante, que quer um salário maior do que o que recebe do clube brasileiro, inclusive pago em dólares.

A equipe de Buenos Aires, porém, não gostaria de aumentar tanto assim sua folha salarial e busca um acordo com o jogador.

Miguel Borja

O atacante de 28 anos foi revelado pelo Deportivo Cali, da Colômbia, onde estreou como profissional. O atleta passou pelo Cúcuta, mas se destacou no Cortuluá, onde ficou até 2013, antes de ir para o La Equidad. Foi contratado pelo Livorno, da Itália, mas não teve sequência. Passou pelo Olimpo, da Argentina, mas logo voltou à Colômbia onde defendeu o Santa Fe e mais uma vez o Cortuluá, onde foi artilheiro da segunda divisão. Contratado pelo Atlético Nacional, foi artilheiro da Libertadores e destaque da equipe, chamando a atenção do Palmeiras. Pelo Verdão, ficou de 2017 a 2019, conquistou o Brasileirão em 2018, mas sempre com críticas dos torcedores pelos gols perdidos. De volta à Colômbia em 2020, tem sido o principal jogador do Junior Barranquilla nas últimas duas temporadas.

Leia mais:
De fuga e insegurança a destaque e titularidade: como Patrick de Paula saiu de comunidade no RJ para se tornar peça-chave no Palmeiras