Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Olimpíadas: Cadê o Douglas? Xodó da seleção de vôlei inicia jogo de estreia em Tóquio como reserva e torcida ‘corneta’

Depois de iniciar o jogo como reserva, Douglas Souza entrou no segundo set e ajudou a mudar a partida a favor do Brasil

Danielle Barbosa
Colaboradora do Torcedores.com.

Crédito: Reprodução/Twitter

A seleção brasileira masculina de vôlei estreia nos Jogos Olímpicos de Tóquio na madrugada deste sábado (24), contra a Tunísia, em uma das partidas mais aguardadas no primeiro dia oficial do evento. E um dos motivos é o ponteiro Douglas Souza, que se tornou um fenômeno nas redes sociais com um show de carisma e simpatia ao mostrar os ‘bastidores’ do dia a dia no Japão.

+ Olimpíadas de Tóquio: Quando começam e quando terminam os jogos de vôlei masculino?

Douglas, que em menos de uma semana bateu mais de 1,5 milhão de seguidores no Instagram e interagiu com diversas personalidades brasileiras, iniciou a partida contra a Tunísia entre os reservas e frustrou a torcida que queria vê-lo em quadra.

A ausência de Douglas Souza na escalação titular do Brasil, no entanto, não é surpresa para quem está acostumado a acompanhar a seleção de vôlei. Para a partida contra a Tunísia, o técnico Renan Dal Zotto escalou o time com Bruninho, Wallace, Lucarelli, Leal, Isac, Lucão e Thales.

Depois da vitória do Brasil no primeiro set por 25×22, Douglas Souza entrou em quadra no segundo set, quando o Brasil perdia o jogo por 6×10.

Veja a repercussão da torcida nas redes sociais:

Jogos Olímpicos de Tóquio 2020:

O Time Brasil para a disputa das Olimpíadas de Tóquio é a maior do país em Jogos Olímpicos disputados no exterior, com 302 atletas e 18 reservas, segundo informações do jornal ‘Folha de S.Paulo’ – essa é a primeira vez que a delegação brasileira ultrapassa a marca de 300 atletas em uma edição do evento realizada fora do próprio país. O recorde geral é da Rio-2016, quando o Brasil teve 465 representantes.

Ao todo, serão disputadas 46 modalidades em Tóquio, com o Brasil participando de 35 delas. O destaque fica por conta dos cinco novos esportes do programa olímpico. São eles:Surfe, skate, caratê, escalada esportiva e beisebol/softbol.

Confira todas as modalidades: Basquete, Basquete 3 x 3, Tiro com arco, Ginástica artística, Nado artístico, Atletismo, Badminton, Beisebol e Softbol, Vôlei de praia, Boxe, Canoagem Slalom, Canoagem velocidade (sprint), Ciclismo BMX corrida, Ciclismo BMX Freestyle,Ciclismo – mountain bike, Ciclismo de estrada, Ciclismo de pista, Saltos ornamentais, Hipismo, Esgrima, Futebol, Golfe, Handebol, Hóquei na grama, Judô, Caratê, Maratona aquática, Pentatlo moderno, Ginástica rítmica, Remo, Rugby, Vela, Tiro, Skate, Escalada, Surfe, Natação, Tênis de mesa, Taekwondo, Tênis, Ginástica de trampolim, Triatlo, Vôlei, Polo aquático, Halterofilismo e Luta.

LEIA MAIS:
Olimpíadas: urso tenta invadir estádio de softbol antes de jogo e deixa polícia ‘em alerta’
Olimpíadas: Pelé homenageia Marta: “Sua conquista significa muito mais que um recorde pessoal”

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes