Paulinho cita conversas com dois clubes brasileiros e faz mistério sobre futuro: “Não posso me equivocar”

Livre no mercado, Paulinho pode acertar retorno ao futebol brasileiro

Bruno Romão
24 anos, jornalista formado pela Universidade Estadual da Paraíba, amante da escrita, natural de Campina Grande e um completo apaixonado por futebol. Contato: bruno.romao.nascimento@gmail.com

Crédito: Lucas Figueiredo/CBF

Em entrevista ao canal “Bem Posicionados“, Paulinho revelou tratativas com Corinthians e Grêmio. Apesar do grande carinho pelo Timão, o volante não cravou sua volta ao clube, e tratou seu futuro com muita cautela. Sendo assim, caso uma proposta mais atraente seja feita, ele tem chances de atuar em outro time do Brasil.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

“Houve conversa com o Corinthians, a gente conversou bastante, vem conversando. Sempre deixei claro que não tenho nada definido. Pode talvez soar de um jeito que as pessoas não entendam, mas é a minha vida. Eu construí uma história bacana dentro do Corinthians, mas nada impede, se vier uma proposta bacana de outro clube, eu falar: ‘Vou pensar, acho que é bom para mim, minha família’.”, declarou.

“Do Grêmio, teve uma ligação com pessoas ligadas ao Felipão e depois eu falei com o Felipão. Depois da chegada do Felipão do Grêmio, houve uma sondagem. Ele tem um coração que… Nossa senhora!”, completou.

Além disso, Paulinho não descartou uma permanência no exterior. Isso porque equipes do Oriente Médio e da Europa também desejam contar com o atleta. Dessa forma, sua situação ainda deve demorar mais um pouco para ser definida.

“Ainda tem um certo tempo para definir, mas estou tentando definir o mais rápido possível. Até para fazer pré-temporada dependendo de onde for, se for Europa, ou mundo árabe, ou Brasil, quero definir o mais rápido possível. Muita gente diz que eu não quero mais o Brasil. Não é isso. O que eu tenho que fazer é tomar uma decisão e eu não posso mais tomar uma decisão equivocada. Eu vou fazer 33 anos. Falam que sou jovem, sou novo, mas não posso me equivocar. Tenho família, esposa, meus pais. Tenho que colocar tudo isso na balança e decidir se é melhor ficar no Brasil ou ir para fora. Tenho que ter muita cautela e calma para definir para não ser precipitado“, completou.

LEIA MAIS

Paulinho reclama da exposição “inconsequente” de sua família e afirma que futuro está em aberto: “nenhuma decisão está tomada”

Clube oferece salário astronômico para contratar David Luiz; veja os valores