Após desistência do Grêmio, Paulinho segue na mira de dois clubes do Brasileirão

Paulinho ainda pode cogitar retorno ao futebol brasileiro

Bruno Romão
24 anos, jornalista formado pela Universidade Estadual da Paraíba, amante da escrita, natural de Campina Grande e um completo apaixonado por futebol. Contato: bruno.romao.nascimento@gmail.com

Crédito: Lucas Figueiredo/CBF

Apesar do forte interesse, o Grêmio optou por se retirar das negociações por Paulinho. Segundo informações da “TNT Sports“, o volante recusou a proposta feito pelo Tricolor e as conversas não vão seguir. Nos últimos dias, a proposta do Fenerbahçe, considerada bastante vantajosa financeiramente, também foi negada pelo atleta.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

Agora, Paulinho ainda pode ter a opção de jogar no Brasil. Isso porque Corinthians e Red Bull Bragantino seguem interessados no jogador, mas terão que lidar com a concorrência da Europa e do Oriente Médio. Neste contexto, uma oferta do Velho Continente estaria sendo aguardada antes de uma decisão em voltar ao país.

Livre no mercado desde que deixou o Guangzhou Evergrande, Paulinho vem pregando calma para definir seu futuro. Mesmo com a possibilidade de priorizar a Europa, um retorno ao futebol brasileiro também pode ser visto com bons olhos se nenhuma oferta do exterior agradar o volante.

“Eu vou fazer 33 anos. Falam que sou jovem, sou novo, mas não posso me equivocar. Tenho família, esposa, meus pais. Tenho que colocar tudo isso na balança e decidir se é melhor ficar no Brasil ou ir para fora. Tenho que ter muita cautela e calma para definir para não ser precipitado. Surgiram opções fora do Brasil: Europa, mundo árabe. Eu estou pensando bastante para poder tomar uma decisão. Ainda tem um certo tempo para definir, mas estou tentando definir o mais rápido possível, até para fazer pré-temporada dependendo de onde for, se for Europa, ou mundo árabe, ou Brasil, quero definir o mais rápido possível”, declarou ao canal ” Bem Posicionados”.

LEIA MAIS

Neto detona interesse do Corinthians em Renato Augusto e Paulinho: ‘Deve salário para a base’