Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Ronaldinho convoca ex-namoradas como testemunhas em processo contra ex-noiva

Ex-noiva quer partilha dos bens do jogador

Matheus D'Avila
Colaborador do Torcedores

Crédito: Reprodução/YouTube

Ronaldinho Gaúcho pediu socorro as suas ex-namoradas para vencer um processo judicial contra a ex-noiva. Isso porque o ex-craque do Barcelona descobriu que poderá ser preso por não pagar uma pensão de mais de R$ 100 mil a Priscilla Coelho. A ex-companheira do “Bruxo” está exigindo a partilha de bens por conta do relacionamento de seis anos.

Conforme informações divulgadas pelo portal Extra, Beatriz Souza, que também está sendo processada por Priscilla, já confirmou que irá testemunhar em favor do jogador. A mulher também foi companheira de Ronaldo durante o período. De forma consensual com Priscilla, de quem era amiga, Beatriz vivia na mesma casa que o casal. De acordo com ela, os três dormiam juntos.

Para evitar a partilha de bens sob alegação de união estável, a defesa de Ronaldinho afirmará que não havia uma relação matrimonial. O principal argumento é garantir que o craque brasileiro, apesar de morar com a mulher, mantinha um relacionamento aberto com mais duas pessoas. Por isso, um terceiro elemento será chamado. O jornal Extra teve acesso a uma fonte importante do caso.

“Pouca gente sabe disso, mas enquanto ele namorava com a Beatriz e a Priscilla, também existia uma terceira chamada Renata. Ela ficou morando na casa dele um tempo também. Era um quarteto, ele com as três. Mas quando viu que a coisa não estava boa para o lado dela, decidiu cair fora e sofreu um acidente horrível. Até hoje Ronaldinho ajuda ela. E ela vai contar ao juiz que tinha um relacionamento com ele no mesmo período que a Priscilla, descaracterizando a união estável”, disse.

Ronaldinho está viajando pelo mundo em turnê. Recentemente, esteve em Miami, Dubai e Maldivas.

LEIA MAIS:

Ronaldinho monta “seleção de craques” em balada nos EUA