Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

São Paulo relaciona seis estrangeiros contra o Flamengo: veja o motivo

São Paulo se pronunciou oficialmente e explicou porque relacionou seis jogadores no duelo contra o Flamengo, algo impedido pela CBF

Fabrício Carvalho
Jornalista formado / Rio de Janeiro. Redator de notícias, artigos e relatos sobre futebol nacional e internacional, basquete e esportes americanos.

Crédito: Divulgação/São Paulo

Ao divulgar a lista de relacionados para o duelo contra o Flamengo neste domingo (25) no Maracanã, o São Paulo acabou levantando uma polêmica.

Os torcedores rubro-negros mais atentos notaram que a escalação do São Paulo apontava seis estrangeiros relacionados, número que ultrapassa o limite estipulado pela CBF quanto à presença de estrangeiros.

Com isso, surgiu a dúvida se o tricolor paulista seria punido por infringir um dos regulamentos do Campeonato Brasileiro. Porém, a situação acabou sendo rapidamente esclarecida.

O São Paulo divulgou uma nota oficial pouco antes do jogo ser iniciado para explicar que o lateral Orejuela foi cortado pois um dos seis estrangeiros era dúvida e acabou sendo confirmado no banco de reservas.

Neste caso, o tricolor paulista optou por deixar o colombiano fora do banco de reservas, fazendo com que o regulamento esteja sendo cumprido.

Os estrangeiros relacionados foram: Arboleda, Benítez, Galeano, Rigoni e Rojas.

Regulamento da CBF – Artigo 42

“Art. 42 – Os Clubes poderão relacionar nas súmulas de cada partida até 5 (cinco) atletas estrangeiros, excepcionados os registrados como refugiados que, para efeitos das competições coordenadas pela CBF, equiparam-se aos atletas nacionais, sem nenhuma restrição de direitos.”

Nota oficial do São Paulo

“Um dos jogadores estrangeiros relacionados para o jogo estava com dores musculares, mas reagiu bem ao aquecimento. Por conta disso, Orejuela foi cortado do banco de reservas.”

LEIA MAIS