Tóquio 2020: TV Globo demite cinegrafista acusado de assédio sexual em hotel do Japão

Incidente teria ocorrido em um hotel onde parte da equipe da TV Globo está hospedada em Tóquio, para cobertura das Olimpíadas

Mário André Monteiro
Jornalista com passagens por Portal iG, Fox Sports e Osasco Audax. Atualmente editor do Alemanha FC (http://www.alemanhafc.com.br). No Twitter: @alemao_mario e no Instagram: @marioalemao

Crédito: Divulgação TV Globo

A transmissão dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 ainda não começou e a TV Globo, emissora oficial do evento aqui no Brasil, já tem que lidar com alguns problemas de bastidores.

Segundo informações da “Veja Rio”, a emissora demitiu o repórter cinematográfico Mikael Fox, que estava no Japão para fazer a cobertura das Olimpíadas – ele foi acusado de assediar sexualmente de uma produtora da TV Globo.

O incidente teria acontecido no hotel onde parte da equipe está hospedada. Mikael Fox assediou a moça durante uma reunião informal realizada entre a equipe num dos quartos.

Ainda de acordo com a publicação, a coordenação da emissora confirmou a acusação com a vítima e imediatamente enviou o rapaz de volta ao Brasil, onde acabou sendo demitido no último sábado.

Fox estava em Tóquio desde o início do mês preparando reportagens para cobertura dos Jogos Olímpicos.

Parecer da TV Globo

O Departamento de Comunicação da TV Globo confirmou o caso à “Veja Rio” com a seguinte nota:

“Por decisão da Globo, que não foi tomada por nenhum profissional do time que está em Tóquio, o repórter cinematográfico Mikael Fox não faz mais parte do time de esporte da empresa”, dizia o texto.

“Sobre os questionamentos de compliance, a Globo não comenta assuntos de Ouvidoria, mas reafirma que todo relato de assédio, moral ou sexual, é apurado criteriosamente assim que a empresa toma conhecimento. A Globo não tolera comportamentos abusivos em suas equipes”.

Mikael Fox estava na emissora carioca há 15 anos, com passagens pelos principais telejornais, como, por exemplo, Jornal Nacional, Fantástico, Profissão Repórter e Globo Repórter, entre outros.

E MAIS:

Confira as seleções com maiores chances de medalha de ouro no futebol masculino

Confira as seleções com maiores chances de medalha de ouro no futebol feminino

Olimpíadas de Tóquio: Nadadores russos são liberados para competir

Usain Bolt fala sobre Olimpíadas de Tóquio sem torcida e aponta favorito para vencer os 100m