Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

UFC anuncia revanche entre Usman x Covington para Nova York

Luta acontecerá em novembro pelo UFC 268; duelo valerá o cinturão dos meio-médios do Ultimate

Victor Martins
Um homem que acredita ser jornalista, escritor e 'chato'. Decidam vocês qual será a opção escolhida.Formado na Universidade Metodista de São Paulo. No Torcedores desde 2016 ou algo parecido.

Crédito: Reprodução

O UFC já definiu mais uma luta válida por cinturão nos próximos meses. Em novembro, Kamaru Usman defenderá o cinturão dos meio-médios contra Colby Covington em novembro, em Nova York. O anúncio foi feito pela organização à ESPN americana.

A luta será o duelo principal do UFC 268, que deve acontecer no Madison Square Garden. O duelo entre o nigeriano e o americano será revanche da luta em dezembro de 2019, pelo UFC 256. No primeiro combate, bastante disputado, Usman conseguiu a vitória sobre Covington e conseguiu manter consigo o título dos meio-médios na época.

Agora, o nigeriano irá novamente defender o cinturão da categoria até 77kg diante do rival e desafeto. O campeão vem de outra revanche, Jorge Masvidal, a qual venceu por nocaute em abril. São 14 vitórias consecutivas para o ‘Nigerian Nightmare’, cuja sequência positiva está duas atrás da maior sequência de vitórias do Ultimate, esta pertencendo a Anderson Silva, com 16.

Já Covington, que por várias vezes contestou o resultado da luta acusando o árbitro de tê-la interrompido prematuramente, não luta desde setembro de 2020, quando venceu Tyron Woodley. O polêmico lutador tem buscado a revanche e feito diversas provocações a Usman, inclusive sugerindo que este usa substâncias ilegais para melhorar a performance.

O UFC 268 será a primeira vez que a organização liderada por Dana White lutará em Nova York depois do começo da pandemia da Covid-19, em 2020. A tendência é de que o evento também seja aberto aos fãs, como tem sido os grandes cards do Ultimate.

LEIA MAIS

Lutadora do UFC é acusada de violência doméstica por ex-namorada

Justiça tira Caboclo da presidência da CBF por irregularidade em assembleia