Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Afastado pelo Remo por participar de festa clandestina, Dioguinho será emprestado a clube da Série C

Dioguinho tem contrato com o clube paraense até dezembro de 2022

Wilson Pimentel
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Reprodução/ Instagram

Está bem encaminhada a saída de Dioguinho do Remo. Depois de ser afastado pela diretoria, por indisciplina, o jogador foi autorizado a dar prosseguimento a sua carreira longe do Baenão. O Torcedores.com apurou que ele será emprestado para um clube da Série C do Campeonato Brasileiro.

Ainda segundo apurou a reportagem, os representantes de Dioguinho estão avaliando as ofertas apresentadas por Ituano e São Bento. A ideia é firmar um empréstimo com opção de compra de parte dos direitos econômicos do atleta.

O atacante tem contrato com o Remo até dezembro de 2022. Além disso, sua multa rescisória está estipulada em R$ 2 milhões. No entanto, a diretoria azulina não pretende dificultar a saída do atacante que é considerado “nocivo” para o elenco.

Dioguinho foi afastado pelo Remo após ter sido flagrado em uma festa clandestina na Ilha de Algodoal, município de Maracanã, nordeste do Pará. O evento ainda repercute entre os torcedores após o jogador registrar o momento nas redes sociais.

Assim, o Remo tenta acelerar a saída do jogador nos próximos dias a fim de evitar um problema maior no dia a dia do clube. Afinal, os líderes do elenco estão insatisfeitos com o comportamento pouco profissional de Dioguinho e pediram o desligamento do atleta.

A carreira

Nascido, em Belém, Diogo dos Santos Carvalho foi revelado pelo Izabelense-PA. Posteriormente, ele atuou pelo Ypiranga-AP, Paragominas-PA, Amazonas-AM e Castanhal-PA onde foi um dos destaques do Campeonato Paraense de 2020.

Após o Parazão, Dioguinho se transferiu para o Remo e foi essencial na campanha do clube no acesso para a Série B do Campeonato Brasileiro. Nesse ínterim, o atacante disputou 45 partidas e marcou seis gols com a camisa azulina.

Por isso, Dioguinho teve o contrato renovado até dezembro de 2022. Sua multa rescisória está avaliado em R$ 2 milhões. De acordo o site “Transfermarkt”, especialista em mercado da bola, o jogador está avaliado em 500 mil euros (R$ 3 milhões, pela cotação atual). 

LEIA MAIS: 

Coronavírus: Remo afasta atacante por presença em festa clandestina na pandemia pela quarta vez 

Coronavírus: Trio do Remo descumpre isolamento, participa de festa e pelada em Belém e irrita diretoria 

‘Quinta Delas’: Saiba o que pensa a diretoria do Remo sobre o ato de indisciplina de Dioguinho