Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Polêmica! Arnaldo Cezar Coelho questiona Abel Ferreira por críticas à arbitragem brasileira

Abel Ferreira disse que a arbitragem teve interferência direta na derrota do Palmeiras para o Atlético-MG

Dayvidson Soares
Jornalista, com passagens por Globoesporte.com, Lance! (Craque do Futuro) e Jornal Gazeta de Alagoas. Apaixonado por futebol e boas histórias.

No último sábado (14), o técnico Abel Ferreira fez duras críticas à arbitragem brasileira após a derrota do Palmeiras para o Atlético-MG, pelo Campeonato Brasileiro. O português entendeu que as expulsões de Patrick de Paula e dele foram injustas. Já nesta segunda (16), o ex-arbitro Arnaldo Cezar Coelho usou o Twitter para fazer um questionamento ao treinador.

“O técnico do Palmeiras insiste em afirmar que a arbitragem brasileira atrapalha o futebol. Com que credencias e experiência lhe dá autoridade para criticar nesses termos?”, escreveu Arnaldo Cesar Coelho.
https://twitter.com/CoelhoArnaldoC/status/1427285336254816259

“São árbitros amadores, não profissionais. Então eles têm seus trabalhos. Portanto, há espaço para melhorar. Que eles possam se tornar profissionais e possam viver da profissão de ser árbitro. Pesquisei como funcionava a arbitragem e é amadora, não vive disso”, disse Abel Ferreira, em entrevista coletiva no último sábado, após o jogo em Minas Gerais.

A revolta de Abel Ferreira foi resultada pela expulsão do volante Patrick de Paula e na sequência dele mesmo, por discordar da decisão da arbitragem.

“Por incrível que pareça não foi o Bruno [que expulsou], não foi o árbitro. Foi o bandeira, o senhor Rodrigo Correa. O árbitro tinha tomado uma boa decisão sobre o Patrick, mas o bandeira, que estava a 50 metros, deu instruções para expulsar”, revelou o treinador palmeirense, que seguiu:

“O senhor Rodrigo Correa, bandeira, fez questão de expulsar o Patrick. E foi ele que me expulsou. Vou dizer mais: o árbitro, ao perceber que errou feio, pediu desculpas aos meus jogadores. Mas agora não adianta. Está dinheiro em jogo, títulos, nosso trabalho, nossa dedicação, nossos torcedores… infelizmente, um lance capital teve interferência direta no jogo”, concluiu.

LEIA MAIS:

As melhores notícias de esportes, direto para você