Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Dirigentes islandeses se demitem após escândalo sexual com ex-Ajax; entenda o caso

Jogador é acusado de agressão sexual

Alexander Rodrigues
Redator no @AlemanhaFC, @Torcedorescom, ADM da página @futebolcomamor e torcedor do Feyenoord.

Crédito: Divulgação/Instagram - @kolbeinnsigthorsson

Um verdadeiro escândalo abala as estruturas do futebol islandês, pois veio a público nesta terça-feira (31), através de vários jornais, entre eles o Record de Portugal, que todos dos os membros do comitê executivo da Federação Islandesa de Futebol renunciaram aos seus cargos na última segunda-feira (30), acusados de encobrirem alegações de agressão sexual contra o ex-Ajax Kolbeinn Sigthorsson.

A decisão foi tomada no último domingo em uma reunião de emergência que durou quase cinco horas. No total, foram 17 demissões, dentre elas, a de Gudni Bergsson, presidente da Federação do país.

“A decisão vai ao encontro dos apelos de Íslenskur Toppfótbolti (um grupo que representa os interesses dos clubes das duas primeiras divisões masculinas e femininas), os desejos dos representantes do clube (…) e a pressão popular” – disse a federação em comunicado oficial.

Na sexta-feira à noite, Thórhildur Gyda Arnarsdóttir, de 25 anos, disse à televisão estatal, RUV, que tinha apresentado uma queixa após ter sido abusada sexualmente e assediada por um membro da seleção da Islândia em uma balada em Reykjavik, em setembro de 2017.

A mulher afirmou que o jogador admitiu o incidente, pediu desculpas e lhe pagou uma quantia de dinheiro como compensação. A imprensa islandesa revelou que o jogador em questão é o atacante da seleção Kolbeinn Sigthorsson, que atualmente joga na Suécia, no IFK Gotemburgo, após passagens pelo Ajax e Nantes.

Leia também:

Goleiro morre após divida em partida na Rússia; entenda o que aconteceu

Ex-Liverpool fecha com equipe da Premier League

Arsenal rejeita oferta e jogador detona clube nas redes sociais: “Só queria ir para onde me querem”

Ex-Arsenal morre aos 35 anos após difícil batalha contra uma “doença prolongada”. Clubes prestam suas homenagens para o jogador.

Tem vaga no Timão? Jogador se despede de clube e Balbuena faz sugestão: “volta pro Corinthians”

Mercado da Bola: Milan acerta contratação de atacante brasileiro

Atlético-MG, Palmeiras ou Flamengo? Neto revela sua torcida para o título do Brasileirão

Memes da 18ª rodada: Gabigol provocado, ‘Rei’ Jô e “Diegol”