Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Expulso contra o São Paulo, Léo Jabá nunca teve uma temporada com mais gols do que cartões

Atacante “sofre” com cartões ao longo da carreira

Guilherme Lopes
Estudante de Jornalismo, apaixonado pelas estatísticas do bom jogo. Vivo e penso sobre futebol o dia todo.

Crédito: Reprodução/TV Globo

Na partida de volta das oitavas de final da Copa do Brasil, o Vasco saiu derrotado por 2×1 contra o São Paulo, contudo, um dos lances que chamou bastante atenção foi a expulsão de Léo Jabá. O jogador acabou levando o cartão vermelho após um pé alto que atingiu o lateral são paulino, Reinaldo.

Léo Jabá já estava envolvido em uma confusão ao longo da semana após uma postagem polêmica nas suas redes sociais. Somando sobretudo a expulsão, o atacante gerou uma revolta da torcida vascaína.

A princípio, a situação do atacante só piora quando olhamos os números do atleta. Desde que se tornou profissional no Corinthians, Léo Jabá “coleciona” mais cartões por temporada, do que gols marcados. Mesmo atuando como atacante, o jogador não conseguiu balançar mais as redes do que cometer infrações.

Profissional desde 2016, o jogador só não teve mais cartões do que gols, durante duas temporadas, a sua primeira quando atuou por apenas um jogo. Em seguida jogando pelo Akhmat Grozny, o jogador de 23 anos também empatou no dois quesitos, foram 3 gols e 3 cartões na temporada 2017/18. Todos os dados foram apurados nos sites Flashcore e OGol.

Estatísticas:

2021: 2 gols e 4 cartões

19/20: 0 gols e 2 cartões

18/19: 7 gols e 8 cartões

17/18: 3 gols e 3 cartões

2017 (Corinthians): 1 gol e 2 cartões

2016: 0 gols e 0 cartões

LEIA MAIS

Em alta no Ceará, Richard lidera duas estatísticas entre goleiros no Brasileirão

Mercado da Bola: Bayern de Munique interessado em atacante ex-São Paulo

As melhores notícias de esportes, direto para você