Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Luta Olímpica: Aline Silva e Soghomonya estão eliminados nas Olimpíadas

Brasileiros perderam na estreia de Tóquio 2020. Mas poderiam pegar repescagem caso seus rivais chegassem às finais do wrestling. Mas os adversários perderam

Marjoriê Cristine
Colaborador do Torcedores

Crédito: Divulgação/COB

Os lutadores Aline Silva e Eduard Soghomonya tinham esperança de disputar a repescagem na luta olímpica. Depois de perderem seus combates na estreia das Olimpíadas, os brasileiros torciam para seus algozes irem à final. No entanto, eles foram eliminados em nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020.

Assim, Aline Silva e Soghomonya, que é armênio naturalizado brasileiro, também deram adeus ao sonho de pódio na luta olímpica.

+Brasil ainda tem chances de ganhar mais 20 medalhas nas Olimpíadas

Vice-campeã mundial em 2014, Aline Silva foi superada pela turca Yasemin Adar por 6 a 0, pelas oitavas de final do estilo livre. Mas a Adar foi derrotada pela americana e favorita Adeline Maria Gray, por 6 a 4.

Já Eduard Soghomonyan perdeu na estreia para o alemão Eduard Popp por 2 a 0, pela categoria 130kg estilo greco-romano. Mas nas quartas de final, o atleta de wrestling da Alemanha foi batido pelo turco Riza Kayaalp por 6 a 2.

O Brasil ainda tem mais uma atleta na disputa. Laís Nunes, da categoria 62kg do estilo livre, competirá nesta segunda-feira (02/08), a partir das 23h (horário de Brasília).

LEIA MAIS:

Olimpíadas: COI admite atleta infectado e mais 17 casos de Covid em 24h

Olimpíadas de Tóquio 2020: Confira o quadro de medalhas completo

Pódio do skate com Rayssa Leal é o mais novo da história das Olimpíadas