Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Após Hernanes afirmar que 87 é do Sport, Renato responde: “Se tivesse vindo para o Flamengo, falaria a mesma coisa?”

Treinador do Flamengo tratou a polêmica com o Leão como “caso encerrado”

Bruno Romão
24 anos, jornalista formado pela Universidade Estadual da Paraíba, amante da escrita, natural de Campina Grande e um completo apaixonado por futebol. Contato: bruno.romao.nascimento@gmail.com

Crédito: Marcelo Cortes / Flamengo

Depois do Flamengo bater o Sport por 2 a 0, pelo Brasileirão, Renato Gaúcho voltou a comentar sobre a disputa dos clubes em relação ao título de 87 do campeonato. Antes da bola rolar, Hernanes cravou que o Leão é o campeão legítimo, algo que foi questionado pelo comandante do clube carioca. Isso porque a postura poderia ser diferente se o meia tivesse acertado com o Rubro-Negro.

“Hernanes é um grande profissional, grande jogador. A pergunta é: se ele tivesse vindo para o Flamengo, falaria a mesma coisa? (risos) Eu já falei várias vezes, título se ganha dentro do campo. O Flamengo ganhou dentro do campo o Campeonato Brasileiro de 87. Esse assunto está encerrado com todo respeito ao Sport”, afirmou em coletiva.

Além disso, Renato Gaúcho valorizou o esforço de Pedro para estar em campo. Sem Gabigol, suspenso, o camisa 21 atuou no sacrifício e acabou passando em branco no duelo. Mesmo assim, sua atuação foi elogiada pelo técnico do Flamengo.

“Tenho conversado bastante com o Pedro. Eu sinceramente gostei do Pedro no jogo, ele só não fez gol. Mas participou de muitas jogadas, tem que dar mérito para o goleiro adversário. Hoje ele estava com um probleminha no tornozelo, jogou na vontade mesmo, até porque contra o Internacional ele saiu com o tornozelo muito inchado, não viajou para o Paraguai e hoje foi para o sacrifício”, disse.

LEIA TAMBÉM

Mercado da Bola: Santos e Inter disputam atacante da Série A

Flamengo irá pagar quantia milionária pelo empréstimo de Kenedy

Mercado da Bola: Atlético de Madrid mira contratação atacante brasileiro

Benfica de Jorge Jesus tem disputa de clubes europeus por lateral brasileiro pretendido pelo Grêmio