Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Ex-técnico do Boca Juniors deve assumir a Venezuela

Miguel Ángel Russo está livre no mercado desde que deixou o Boca Juniors

Wilson Pimentel
Jornalista esportivo desde 1998. Cobriu os principais eventos esportivos da última década. Passou pelas redações do SBT, Record TV, CNT, Esporte Interativo, Rádio Tupi, Rádio Brasil e Rádio Manchete. É correspondente de veículos de comunicação da Colômbia, Croácia, Paraguai e Portugal. Está no Torcedores.com desde 2019.

Crédito: Divulgação/ Boca Juniors

A Venezuela está com dificuldades para cumprir as expectativas e ocupa a última colocação das Eliminatórias para a Copa do Mundo. Com isso, o presidente da Federação Venezuelana de Futebol (FVF), Laureano González, promete mudanças no comando da equipe “Vino Tinto”.

Aniversário CLUBE EXTRA

Clique e veja as melhores promoções!

De acordo com o jornal português “A Bola”, o técnico Miguel Ángel Russo é o favorito para suceder o português José Peseiro. O argentino está livre no mercado da bola após deixar o comando do Boca Juniors no fim de agosto.

Ainda segundo a publicação, o treinador quer comandar um projeto de longa duração. Miguel Ángel Russo deseja um contrato até junho de 2026. A ideia do treinador é fazer um trabalho visando a Copa Mundo que será realizada nos Estados Unidos, México e Canadá.

Laureano González, por sua vez, deseja um vínculo mais curto. A princípio, o dirigente planeja costurar um acordo válido até a Copa América de 2024. O torneio, que será realizado no Equador, servirá como termômetro para avaliar o trabalho do argentino.

Além disso, o argentino não abre mão de indicar profissionais da sua confiança. Ou seja, Miguel Ángel Russo deseja levar para sua comissão técnica o auxiliar Leandro Somoza, o preparador de goleiros Fernando Gayoso e o preparador físico Hugo Gottardi.

Nesse momento, a Venezuela é a última colocada nas Eliminatórias. Faltando oito jogos para o fim do torneio, o time somou apenas quatro pontos e tem chances remotas de ir à Copa de 2022. O Brasil é o líder com 24 pontos. Logo atrás, estão Argentina, Uruguai e Equador.

A carreira de Miguel Ángel Russo

Miguel Ángel Russo é considerado um dos técnicos mais vitoriosos da história do futebol argentino. Ao longo da carreira, comandou o Boca Juniors, Vélez Sarsfield, Rosario Central, Estudiantes, Racing, San Lorenzon, Los Andes, Lanús e Colón.

No exterior, acumulou experiência no Cerro Porteño, Alianza Lima, Millonarios, Atlético Morélia, Salamanca e Universidad de Chile. Nesse ínterim, conquistou a Copa Libertadores da América (2007) e o Campeonato Argentino (1991/1992, 2004/2005, 2012/2013 e 2019/2020. 

As melhores notícias de esportes, direto para você

    

 

LEIA MAIS: 

Bom momento de Daniel agrada clube italiano, que estuda proposta por goleiro do Internacional 

Mercado da bola: Lucas Veríssimo vira alvo de gigantes da Europa 

Ex-atacante de Botafogo e Cruzeiro é o novo técnico da Portuguesa