Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Juiz nega recurso e São Paulo é obrigado a pagar dívida milionária por jogador que nem está mais no clube

Clube terá que arcar com os valores

Matheus Camargo
Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina (UEL), colaborador do Torcedores.com desde 2016, radialista na Paiquerê 91,7.

Crédito: Rubens Chiri/saopaulofc.net

O São Paulo entrou com um recurso contra uma condenação pelo empréstimo de Raniel, que obrigou o clube a pagar R$ 20 milhões. Porém, a Justiça de São Paulo rejeitou o recurso do Tricolor, segundo publicou o colunista Diego Garcia, do UOL Esporte.

O clube apresentou embargos de declaração para questionar o que considerava vícios na decisão. O pedido foi pela nulidade de uma das cláusulas que previa juros. A sentença original com o valor milionário, porém, foi mantida pelo juiz Luiz Gustavo Esteves, da 11ª Vara Cível. O São Paulo agora pode levar o recurso para outras instâncias.

Entenda a dívida

A dívida em questão é pelo empréstimo na compra de Raniel junto ao Cruzeiro, ainda em 2019. O clube e o empresário André Cury assinaram um acordo para a contratação do atleta, que é agenciado pelo mesmo. André emprestou R$ 13,7 milhões ao São Paulo, em acordo que fez o Tricolor fechar parcelas de 12 meses para arcar com os valores. Sem um fim, o acordo se tornou uma briga judicial.

Raniel deixou o São Paulo ainda em 2019, disputou apenas 14 jogos pelo clube, marcou um único gol e deu uma assistência. Em 2020 assinou com o Santos e está no clube praiano até hoje.

Leia também:

Siga o autor

Instagram

As melhores notícias de esportes, direto para você