Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Alianza Lima monta “força-tarefa” para contar com Paolo Guerrero em 2022; veja detalhes da oferta

Revelado pelo Alianza Lima, o atacante nunca atuou profissionalmente pelo clube

Wilson Pimentel
Jornalista esportivo desde 1998. Cobriu os principais eventos esportivos da última década. Passou pelas redações do SBT, Record TV, CNT, Esporte Interativo, Rádio Tupi, Rádio Brasil e Rádio Manchete. É correspondente de veículos de comunicação da Colômbia, Croácia, Paraguai e Portugal. Está no Torcedores.com desde 2019.

Crédito: Divulgação/ Alianza Lima

O Alianza Lima está determinado e decidiu intensificar os esforços para contratar Paolo Guerrero. O atacante de 36 anos é o maior desejo dos dirigentes para reforçar o clube na próxima temporada visando a conquista da Copa Libertadores da América e do Campeonato Peruano.

O Torcedores.com apurou que foi montada uma força-tarefa para tentar apressar as conversas, mas não há prazo para o desfecho pela complexidade da negociação. Afinal, Paolo Guerrero busca um acordo para rescindir amigavelmente seu contrato com o Internacional.

Ainda segundo apurou a reportagem, pelo menos cinco dirigentes do conselho gestor do Alianza Lima estão envolvidos nesta operação. O presidente Diego Gonzáles, amigo pessoal do jogador, é o principal entusiasta da contratação.

Com diferentes formas e esforços, o dirigente estuda o melhor jeito de a transferência acontecer. O negócio não é simples por causa de uma série de fatores. O primeiro é a questão econômica e a segunda tem a ver com a questão clínica.

Na atual temporada, por exemplo, Guerrero disputou 16 partidas sendo uma na Copa Libertadores da América, nove no Campeonato Brasileiro e seis no Campeonato Gaúcho. Nesse ínterim, fez dois gols e totalizou 442 minutos em campo.

No entanto, Diego Gonzáles debate internamente a melhor forma de viabilizar o acordo com o peruano. A principal oferta gira em torno de um salário fixo, bonificações por jogos e gols disputados e participação nos lucros do clube em venda ingressos e produtos licenciados.

Confira os parâmetros do acordo

  • Salário por temporada: US$ 847,2 mil (R$ 4,7 milhões, pela cotação atual)
  • Salário por mês: US$ 70,6 (R$ 400 mil)
  • Premiação por conquista da Copa Libertadores da América
  • Premiação por conquista da Copa Sul-Americana
  • Premiação por conquista do Campeonato Peruano
  • Cláusula de ampliação do contrato até dezembro de 2023
  • Bonificação por jogos disputados como titular
  • Bonificação por gols marcados na temporada
  • Participação nos lucros na venda de ingressos: 2%
  • Participação nos lucros na venda de camisas: 5%
  • Participação nos lucros na venda de produtos licenciados: 3%
  • Jogo de despedida do futebol (adversário a definir)

Por que Paolo Guerrero ainda não acertou com o Alianza Lima

Antes de mais nada, o tema é tratado com cautela no Alianza Lima. Uma parceria com o empresário José Chacón, representante de astros peruanos como Miguel Trauco, Yoshimar Yotún e Raúl Ruidiaz, foi adotada para viabilizar a contratação.

O agente é investidor antigo do Alianza Lima e intermediou diversas negociações entre elas a ida de Jefferson Farfán para o PSV Eindhoven em 2004. Na época, a transação rendeu aos cofres do clube peruano US$ 4 milhões (R$ 22,6 milhões).

Além disso, Diego Gonzáles aguarda o resultado dos exames que Paolo Guerrero foi fazer em Munique, da Alemanha. Afinal, o “Predador” reclama de dores no joelho direito que o fez ser cortado da última convocação da seleção peruana.

Diante disso, o jogador espera um parecer médico para dar início a um tratamento convencional ou ser submetido a uma nova cirurgia. Em paralelo a isso, o Alianza Lima traça objetivos para a chegada do ídolo enquanto não tem uma resposta definitiva do atacante. 

As melhores notícias de esportes, direto para você

 

LEIA MAIS: 

Dirigente fala de reunião para discutir futuro de Paolo Guerrero na seleção peruana 

Com apenas 11 gols em 35 jogos em novo clube, ex-companheiro de Messi considera a aposentadoria 

Paolo Guerrero no Alianza Lima? O que sabemos sobre o interesse do clube no atacante do Internacional