Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Após treta com Neto e Velloso, ex-jogador Edílson é demitido da Band

Edílson “Capetinha” discutiu ao vivo com Velloso na Band e depois acusou o Craque Neto de ser mentiroso

Mário André Monteiro
Jornalista com passagens por Portal iG, Fox Sports e Osasco Audax. Atualmente editor do Alemanha FC (http://www.alemanhafc.com.br). No Twitter: @alemao_mario e no Instagram: @marioalemao

Crédito: Band / Reprodução

O ex-jogador Edílson não é mais funcionário da Band. O “Capetinha” havia chegado à emissora em 2019 para trabalhar no programa “Os Donos da Bola”, apresentado por Neto, mas discussões recentes desgastaram sua imagem e ele acabou sendo dispensado.

As informações são do colunista Flavio Ricco, do R7. “O ex-jogador Edílson não faz mais parte da equipe de esportes da Band”, disse o jornalista em seu texto publicado na madrugada desta quinta-feira (21).

Edílson e Neto tinham uma boa relação no ar. Mas uma discussão mais acalorada com o ex-goleiro Velloso, que faz parte do programa, acabou gerando um desconforto nos bastidores.

O debate mais polêmico aconteceu no ano passado, quando Edílson criticou o posicionamento dos goleiros na década de 1990. E Velloso, goleiro de Palmeiras, Santos e Atlético-MG justamente nesta época, se sentiu atingido e iniciou uma discussão.

“Para de falar bobagem. Goleiro não tem visão o quê? Você que não tem visão. O goleiro ajuda a organizar o time para a bola chegar lá para você, que normalmente não corre”, disse Velloso na ocasião.

“Aliás, só sei que você foi para a Copa de 2002 porque você não para de falar, senão não ia lembrar. Você fala todo programa. A maioria não ia lembrar. Eu lembro do Ronaldinho, do Ronaldo, do Marcão, do Roberto Carlos. Se você não falasse, eu não ia lembrar”, continuou Velloso, que finalizou.

“Não esqueça que há um ano você fala bobagem aqui. Se não fosse você, pela primeira vez na história, a seleção brasileira não ia para a Copa? Se coloca no seu lugar, Edílson”.

Confira o momento tenso no vídeo abaixo:

Depois dessa treta, Edílson deixou “Os Donos da Bola” e foi realocado para o “Jogo Aberto”, que é apresentado por Renata Fan e Denílson, além de contar com outros nomes, como Ronaldo Giovanelli, Ulisses Costa, Chico Garcia, Héverton Guimarães, João Paulo Capellanes e João Pedro Sgarbi.

Edílson x Neto

Em entrevista ao podcast “PodPah”, Neto disse que Edílson teve “dificuldades de ambiente” e isso teria motivado sua saída do programa. “Eu sou funcionário. Não sou dono do programa. O Souza caiu como uma luva pra nós, mas o Edílson está muito bem no Jogo Aberto”.

Souza, ex-meia do São Paulo, é quem ocupa, hoje, a vaga deixada por Edílson no programa apresentado pelo Craque Neto.

O “Capetinha”, porém, também em declarações dadas ao “PodPah”, disse que não sabia qual era o real motivo para a sua saída do “Os Donos da Bola” e ainda apontou dupla personalidade de Neto.

“Até hoje eu não sei o motivo. Ninguém me contou. Foi do nada. Liguei para ele e fez de conta que não sabia. Ficou por isso mesmo”, comentou.

“Eu não gosto de mentira, e a mentira me faz mal. Quando o Neto (fora do ar) é uma pessoa e no ar ele é outra, pra mim isso é uma mentira. Eu não gosto desse tipo de situação. Se ele fosse a mesma pessoa que ele é fora do ar, no ar, ele teria maior aceitação do público”, completou Edílson.

Depois dessa entrevista de Edílson, o apresentador Neto esbravejou e avisou que iria contar toda a verdade sobre a saída de Edílson do programa.

“O Edílson foi no PodPah e disse que eu não falei a verdade em relação à saída dele do programa. Oh, Edílson, eu vou dar um mês, aí eu vou contar toda a verdade. Eu não quis contar toda a verdade, mas aí eu vou contar. Um mês”, disse Neto.

“Daqui um mês, eu falo toda a verdade sobre o que aconteceu, doa a quem doer. Dói lá em cima, lá embaixo, no meio. Dói em quem quiser. Eu vou falar a verdade. Eu não quis falar o que aconteceu em respeito a você, mas eu vou falar”, finalizou.

O fato é que Neto não fez qualquer revelação e Edílson, que estava afastado dos dois programas, tanto “Jogo Aberto” quanto “Os Donos da Bola”, acabou sendo desligado da emissora. Ele também fez participações no “Terceiro Tempo”, apresentado por Milton Neves aos domingos.

LEIA TAMBÉM

Corinthians: Cinco motivos que evitam a demissão de Sylvinho

Neymar publica vídeo e postura divide opiniões na web: ‘diferença de um líder de verdade para um moleque’

Libertadores: Procura por camisa do Palmeiras aumenta até 454%

Casagrande avalia conduta de Gabigol em responder crítica sobre jejum