Home Mídia Esportiva Em transmissão da Série B, afiliada da TV Globo erra e áudio vazado decreta: “foi gol, pô”

Em transmissão da Série B, afiliada da TV Globo erra e áudio vazado decreta: “foi gol, pô”

Equipe escalada pela TV Liberal (afiliada da TV Globo, no estado do Pará) para a transmissão de Remo e Ponte Preta ficou em dúvida sobre o gol de Marcos Júnior

Octávio Almeida Jr
Jornalista graduado pela Universidade da Amazônia (UNAMA), 29 anos. Repórter de campo pela Rádio Unama FM em duas finais de Campeonato Paraense (anos 2016 e 2017). Repórter no site Torcedores.com desde 2018.

A equipe da TV Liberal (afiliada da TV Globo, no estado do Pará) responsável pela transmissão da partida entre Clube do Remo e Ponte Preta, neste domingo (24), se confundiu no primeiro tempo. Aos 13 minutos, o time paulista fez o gol da vitória por 1 a 0.

PUBLICIDADE

O lance deixou dúvidas para o narrador André Laurent e os comentaristas Carlos Ferreira e Fernando Castro. Os profissionais da comunicação viram um possível impedimento, o que não foi marcado pela arbitragem, em campo.

“E aí a Ponte pro lado esquerdo, tem liberdade, boa jogada. Esse é o Moisés, tem espaço pro chute. Olha o perigo, na trave! A bola continua viva! Goooooooooooolll… mas a arbitragem está marcando irregularidade? Lance parado, a arbitragem observa. Ali os jogadores da Ponte comemoram”, narrou André Laurent.

PUBLICIDADE

“Vamos ter a checagem pelo VAR”, observou Carlos Ferreira. “Certamente é um lance agora que a gente precisa de muita atenção”, destacou Laurent, passando a palavra ao comentarista de arbitragem Fernando Castro.

Neste momento, a TV Liberal exibiu o replay do gol. Castro destacou que o árbitro Paulo César estava esperando a confirmação do lance, por parte da arbitragem de vídeo, o VAR.

Na sequência, André Laurent perguntou: “bom, já saiu o resultado então. Gol anulado, né?”.

E Carlos Ferreira respondeu, mas deixando dúvida no ar: “”Não, o gol valeu, ou anulado?”.

PUBLICIDADE

Em dúvida, Laurent perguntou de novo: “Foi impedimento, não é isso?”.

Fernando Castro, então, cravou: “Confirmada a interferência. Impedimento”.

Em tom de alívio, Laurent brincou com Ferreira: “Confirmada a interferência. Impedimento. Não me assusta assim não, Ferreira”. A afirmação arrancou risos do comentarista.

No entanto, minutos depois, um áudio vazado do repórter Robério Vieira, em conversa com a equipe de produção, desmentiu todo o diálogo anterior: “foi gol, pô. Estou tentando falar”.

PUBLICIDADE

A TV Liberal mudou o placar para 1 a 0 mais ou menos cinco minutos depois do time paulista balançar as redes.

“E agora Ferreira, a gente estava naquela discussão da Central do Apito, com o lance do VAR, o torcedor do Remo se anima certamente, mas a arbitragem confirmou o gol. 1 a 0 pra Ponte Preta”, reconheceu André Laurent.

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes

“Pois é, ficou aquela questão no ar: que o gol foi validado ou não foi validado. Foi validado sim”, finalizou Carlos Ferreira.

PUBLICIDADE

A transmissão do jogo teve repercussão nas redes sociais. Alguns internautas avaliaram a qualidade do trabalho executado.

Veja a repercussão da transmissão de Remo x Ponte Preta:

https://twitter.com/EzielDuarte/status/1452371655460798474

Nem tudo foi críticas à afiliada da TV Globo

PUBLICIDADE

Leia também:

Canal da TV Globo comete gafe durante transmissão ao vivo; assista

Após vitória em clássico, técnico do Paysandu rebate comentarista da TV Liberal

Série C: canal de TV aberta corta transmissão ao vivo antes de fim de jogo

PUBLICIDADE

TV Cultura erra e exibe escudo do Remo ao informar time titular do Paysandu

Narrador da TV Cultura comete gafe ao narrar gol do Paysandu e diz: “furou a rede”

 

18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial