Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Em transmissão da Série B, afiliada da TV Globo erra e áudio vazado decreta: “foi gol, pô”

Equipe escalada pela TV Liberal (afiliada da TV Globo, no estado do Pará) para a transmissão de Remo e Ponte Preta ficou em dúvida sobre o gol de Marcos Júnior

Octávio Almeida Jr
Jornalista graduado pela Universidade da Amazônia (UNAMA), 28 anos.Repórter de campo pela Rádio Unama FM em duas finais de Campeonato Paraense (anos 2016 e 2017). Repórter no site Torcedores.com desde 2018.

Crédito: Samara Miranda/Remo

A equipe da TV Liberal (afiliada da TV Globo, no estado do Pará) responsável pela transmissão da partida entre Clube do Remo e Ponte Preta, neste domingo (24), se confundiu no primeiro tempo. Aos 13 minutos, o time paulista fez o gol da vitória por 1 a 0.

O lance deixou dúvidas para o narrador André Laurent e os comentaristas Carlos Ferreira e Fernando Castro. Os profissionais da comunicação viram um possível impedimento, o que não foi marcado pela arbitragem, em campo.

“E aí a Ponte pro lado esquerdo, tem liberdade, boa jogada. Esse é o Moisés, tem espaço pro chute. Olha o perigo, na trave! A bola continua viva! Goooooooooooolll… mas a arbitragem está marcando irregularidade? Lance parado, a arbitragem observa. Ali os jogadores da Ponte comemoram”, narrou André Laurent.

“Vamos ter a checagem pelo VAR”, observou Carlos Ferreira. “Certamente é um lance agora que a gente precisa de muita atenção”, destacou Laurent, passando a palavra ao comentarista de arbitragem Fernando Castro.

Neste momento, a TV Liberal exibiu o replay do gol. Castro destacou que o árbitro Paulo César estava esperando a confirmação do lance, por parte da arbitragem de vídeo, o VAR.

Na sequência, André Laurent perguntou: “bom, já saiu o resultado então. Gol anulado, né?”.

E Carlos Ferreira respondeu, mas deixando dúvida no ar: “”Não, o gol valeu, ou anulado?”.

Em dúvida, Laurent perguntou de novo: “Foi impedimento, não é isso?”.

Fernando Castro, então, cravou: “Confirmada a interferência. Impedimento”.

Em tom de alívio, Laurent brincou com Ferreira: “Confirmada a interferência. Impedimento. Não me assusta assim não, Ferreira”. A afirmação arrancou risos do comentarista.

No entanto, minutos depois, um áudio vazado do repórter Robério Vieira, em conversa com a equipe de produção, desmentiu todo o diálogo anterior: “foi gol, pô. Estou tentando falar”.

A TV Liberal mudou o placar para 1 a 0 mais ou menos cinco minutos depois do time paulista balançar as redes.

“E agora Ferreira, a gente estava naquela discussão da Central do Apito, com o lance do VAR, o torcedor do Remo se anima certamente, mas a arbitragem confirmou o gol. 1 a 0 pra Ponte Preta”, reconheceu André Laurent.

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes

“Pois é, ficou aquela questão no ar: que o gol foi validado ou não foi validado. Foi validado sim”, finalizou Carlos Ferreira.

A transmissão do jogo teve repercussão nas redes sociais. Alguns internautas avaliaram a qualidade do trabalho executado.

Veja a repercussão da transmissão de Remo x Ponte Preta:

Nem tudo foi críticas à afiliada da TV Globo

Leia também:

Canal da TV Globo comete gafe durante transmissão ao vivo; assista

Após vitória em clássico, técnico do Paysandu rebate comentarista da TV Liberal

Série C: canal de TV aberta corta transmissão ao vivo antes de fim de jogo

TV Cultura erra e exibe escudo do Remo ao informar time titular do Paysandu

Narrador da TV Cultura comete gafe ao narrar gol do Paysandu e diz: “furou a rede”