Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Falta de transparência e má relação com jogadores: o que dizem sobre os bastidores de Felipão no Grêmio

Atitudes de Felipão incomodaram jogadores e minaram a relação no vestiário do Grêmio

Matheus D'Avila
Colaborador do Torcedores

Crédito: LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA

A queda do técnico Felipão era considerada questão de tempo nos bastidores do Grêmio. O treinador vivia uma relação conturbada com o grupo de jogadores e a situação ficou insustentável. Nos últimos três meses, alguns incidentes foram fundamentais para a construção negativa dessa relação e o Torcedores conta agora.

Relação ruim com liderança

Antes da contratação de Felipão, o grupo de jogadores foi consultado pela direção. Conforme os relatos, as lideranças do vestiário do Grêmio se mostraram contrarios a ideia. O entendimento é que o treinador não possuia o perfil para comandar o atual grupo. Contudo, os dirigentes mantiveram a convicção e selaram o acordo.

Posteriormente, Felipão descobriu que Rafinha tinha sido um dos opositores a sua chegada. De acordo com os relatos, o técnico passou a ter um comportamento diferente com o atleta.

Quebra de palavra

Outro incidente que gerou revolta por parte dos atletas foi a quebra da promessa com o goleiro Brenno. Desde que retornou da seleção brasileira olímpica, o defensor aguardava uma oportunidade entre os titulares. Foi prometida a ele publicamente uma sequência de jogos.

Na Copa do Brasil, diante do Flamengo no mês de setembro, o atleta foi finalmente escalado. Mas quando se esperava mais oportunidades, no jogo seguinte, Brenno foi surpreendido na preleção, na data do confronto, que voltaria para o banco de reservas para que Gabriel Chapecó fosse titular. A forma como o assunto foi conduzido, sem uma comunicação transparente, reverberou no vestiário.

Incoerências com o momento

Outro relato de insatisfação dos atletas com o trabalho é a incoerência com o momento técnico de cada jogador. E um dos casos mais lembrados entre os atletas está o de Jhonata Robert. O atacante foi utilizado como titular na vitória sobre o Ceará no dia 12 de setembro. O bom desempenho foi reconhecido por todos internamente. Porém, o treinador deu apenas mais uma chance ao jovem. Pouco depois, chegou a retirá-lo do banco de reservas.

LEIA TAMBÉM:

20 jogadores brasileiros que estão jogando na Ásia e você não saiba

Soteldo no Flamengo, Marcelo na Série A e mais: Veja os últimos rumores do mercado

10 jogadores que poderiam voltar onde foram revelados no Brasil

Brasileirão, Eliminatórias e Série C: veja a agenda de jogos desta segunda-feira (11)

As melhores notícias de esportes, direto para você