Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Futebol europeu de clubes seguirá até uma semana antes da Copa do Mundo em 2022

Copa do Mundo poderá sofrer com mais um problema envolvendo FIFA e UEFA; Futebol europeu pretende seguir normalmente até uma semana antes da Copa

Fabrício Carvalho
Jornalista formado / Rio de Janeiro. Redator de notícias, artigos e relatos sobre futebol nacional e internacional, basquete e esportes americanos.

Crédito: Montagem (Getty Images)

O jornal L’Équipe divulgou nesta terça-feira (12) que documentos internos da UEFA revelam detalhes importantes sobre os planos dos clubes europeus para 2022.

De acordo com estes documentos, o calendário do futebol europeu de clubes seguirá normalmente até uma semana antes da Copa do Mundo no Catar.

A UEFA pretende exigir a liberação dos jogadores para as seleções que forem disputar a Copa do Mundo apenas no dia 14 de novembro, quando restarão sete dias para o início do mundial no Catar.

Com isso, jogadores que atuam por clubes da Europa ficariam impedidos de disputar amistosos por suas seleções antes do mundial, além de chegarem restando poucos dias para entrar em campo no Oriente Médio.

Este é mais um capítulo na disputa entre UEFA e FIFA nos bastidores envolvendo os presidentes Aleksander Ceferin e Gianni Infantino, respectivamente.

FIFA e UEFA: Uma guerra envolvendo a Copa do Mundo

O duelo nos bastidores cresceu significamente neste ano depois que a FIFA propôs abertamente a realização da Copa do Mundo de dois em dois anos, visando recuperar a economia da entidade afetada com a paralisação do futebol mundial por vários meses em 2020 por causa da pandemia do novo coronavírus.

UEFA e Conmebol são radicalmente contra esta ideia alegando que parte do espírito competitivo do futebol será perdido com este calendário. No entanto, a ideia será aprovada no próximo congresso da FIFA caso as demais federações votem a favor. A Concacaf se posicionou abertamente favorável à esta mudança.

Em resposta, a UEFA discute medidas para tentar reverter esta situação caso a ideia seja aprovada, sendo a mais radical delas o boicote aos mundiais da FIFA após 2026.

LEIA TAMBÉM

Jornalista sai em defesa de Neymar após declarações e dispara: “nasceu em uma época de jogadores medíocres”

Vampeta diz como escalaria a seleção contra o Uruguai

Veja o desempenho de Tite pela Seleção contra equipes fora da América

Jornalista elogia Neymar por possível aposentadoria da seleção: “espero que ele faça isso”

Pai de Neymar dispara contra Galvão Bueno: “Nem precisamos dizer quem é o idiota”

Clubes do Brasileirão chegam a 33 trocas de técnicos em 2021; veja lista

Tite indica razão que pode estar atrapalhando Neymar na seleção brasileira, mas afirma: “É um jogador excepcional”

Renata Fan “sugere” Argel e Denilson “indica” sucessor para Felipão no Grêmio: “Dar um choque no vestiário”