Home Futebol Suárez expõe mágoa e motivo que culminou saída do Barcelona: ‘Senti muito’

Suárez expõe mágoa e motivo que culminou saída do Barcelona: ‘Senti muito’

Atacante saiu de forma conturbada da equipe catalã e não esconde mágoas

Cido Vieira
Cido Vieira é um jornalista graduado no Centro Universitário Uninter que trabalha como redator no Torcedores.com desde 2017, com cobertura focada em futebol brasileiro e mídia esportiva. Acumula dentro de sua trajetória na profissão experiência na área radiofônica, sendo setorista de clubes pernambucanos, cobrindo Brasileirão e Copa do Nordeste.

Vestindo as cores do Atlético de Madrid pela segunda temporada consecutiva, o uruguaio Luis Suárez concedeu entrevista ao programa “Bola da Vez”, da ESPN, e expôs que o fato de ter sido demitido do Barcelona por telefone foi o que mais o incomodou na turbulenta saída do time blaugrano após diversas temporadas de serviços prestados, conquistas e muitos gols marcados.

PUBLICIDADE

Antes de acertar sua ida para o Atlético de Madrid, o atacante sul-americano revelou que foi procurado por Koeman para continuar no clube blaugrano, depois de toda a polêmica de dispensa já iminente.

“Minha saída, senti muito pelo jeito que se deu. Se você tem um jogador que está há dez anos no clube, o terceiro maior goleador, o presidente poderia ter me avisado, ou o treinador, para nos reunirmos tal dia e explicar que situação seria de tal forma. Teria sido totalmente diferente, mas, em uma semana, a mídia já divulgava: ‘Avisarão a Suárez da saída, a Suárez isso, a Suárez aqui’. Então, eu já sabia”, iniciou Suárez.

PUBLICIDADE

“O treinador me liga e diz que eu não estava nos planos dele. Me magoou. Me doeu mais que nada. Aceitar o fim do ciclo no clube, tudo bem. Conforme a situação avançava, tentei rescindir o contrato, porque o clube não me queria, e já tinha uma idade em que não pagariam por mim. E era o clube que não queria que eu continuasse. Então, aceitei sem nenhum problema, mas, houve muitos entraves”, seguiu El Pistolero.

O Barcelona e o Atlético jogavam no domingo. Na segunda à tarde, fui ao treino, e estava tudo acertado para rescisão e eu assinar com o Atlético. O técnico falou: ‘Já falei com o presidente que se amanhã não decidirem, no domingo, contra o Villarreal eu conto contigo’. E eu: ‘Como conta comigo se eu não estava nos planos?’. E ele respondeu: ‘Não estava mas agora está’. Não entendi se eu não estava nos planos do treinador, ou se da direção. Não entraram em um acordo e nunca ficou claro o motivo, isso foi o que mais me magoou”, pontuou o atacante, que acertou sua ida ao time Colchonero.

Recentemente, ao marcar contra sua ex-equipe, Suárez fez o gesto de telefone ao comemora o tento, fazendo alusão ao episódio de seu desligamento do clube catalão.

LEIA TAMBÉM:

PUBLICIDADE

Simeone revela tentativa de trazer Messi para o Atlético de Madrid: “Liguei para o Suárez”

Hoje no Atlético de Madrid, Suárez abre o jogo e fala sobre saída do Barcelona: “Não merecia”

Suárez decide e Atlético de Madrid vira sobre o Getafe fora de casa

Luto: Ex-jogador de 38 anos é encontrado morto após ser eletrocutado

PUBLICIDADE

Galvão Bueno parabeniza Pelé por aniversário de 81 anos: ‘Vida longa ao Rei’

CBF se posiciona sobre a realização de Copas do Mundo a cada dois anos

Comentarista surpreende e diz quem vai ser o protagonista do Brasil caso Neymar não recupere a forma

Barcelona x Real: Vinicius Jr é 7° jogador mais valioso; veja top-10

PUBLICIDADE

Palmeiras é o time brasileiro com mais gols na história da Libertadores; veja o ranking

18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial