Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Luiz Adriano, do Palmeiras, xinga torcedor no Allianz Parque e vídeo viraliza; assista

Luiz Adriano não vive grande fase no Palmeiras em 2021

Marcel Thomé
Jornalista e assessor de imprensa

Crédito: Cesar Greco/Palmeiras

Considerado um dos principais jogadores do Palmeiras nas conquistas da Tríplice Coroa (Libertadores, Copa do Brasil e Paulistão) em 2020, o centroavante Luiz Adriano não vive grande fase nesta temporada e mostrou destempero recentemente ao xingar um torcedor nas arquibancadas do Allianz Parque.

Depois de passar bastante tempo fora dos gramados por causa de dores no joelho, o camisa 10 do Verdão se recuperou e voltou a ser utilizado pelo técnico Abel Ferreira, mas não conseguiu ainda voltar a atuar bem.

LEIA AINDA: Mercado da bola: “Novo Gabriel Jesus” deixa o Palmeiras e fecha com Flamengo

O reflexo da fraca temporada ocorreu no último sábado (9), quando a torcida palmeirense pôde voltar ao Allianz Parque depois de mais de um ano por causa da pandemia.

Durante o aquecimento do Palmeiras, Luiz Adriano foi cobrado por alguns torcedores nas arquibancadas e resolveu retrucar com um xingamento.

Com todo o respeito…Posso falar uma coisa? Vai tomar no c…“, disse o centroavante.

Deyverson, que estava perto no momento das palavras, tentou apaziguar a situação com os torcedores, mas não conseguiu, já que na sequência o que se ouve são vários xingamentos na direção do camisa 10.

Contra o Bahia, na última quarta-feira (12), Luiz Adriano completou 100 jogos com a camisa alviverde e agradeceu nas redes sociais pelo apoio de torcedores e clube.

Confira o vídeo de Luiz Adriano no aquecimento do Palmeiras:

Luiz Adriano teria pedido para deixar o Verdão

Nos últimos dias surgiu uma especulação de que o camisa 10 quer retornar ao Internacional, clube que o revelou para o futebol.

“Luiz Adriano relatou para pessoas próximas o desejo de voltar ao Internacional em 2022. Na última janela, o Palmeiras recebeu contato da direção colorada pelo jogador, mas na oportunidade gostaria de receber cerca R$ 15 milhões para liberar o atacante e o negócio não avançou. Porém, por conta da má fase do atleta, o clube paulista estaria disposto a baixar a pedida e facilitar a saída em dezembro, mesmo que o contrato seja até 2023”, disso o jornalista Bruno Soares em seu perfil no Twitter.

LEIA TAMBÉM: