Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Luxemburgo aceita pagar multa de R$ 10 mil por ofensas ao árbitro

STJD ofereceu proposta de Transação Disciplinar, e o Cruzeiro (atual clube do treinador) aceitou a oferta. Decisão foi homologada nesta segunda-feira (25)

Octávio Almeida Jr
Jornalista graduado pela Universidade da Amazônia (UNAMA), 28 anos.Repórter de campo pela Rádio Unama FM em duas finais de Campeonato Paraense (anos 2016 e 2017). Repórter no site Torcedores.com desde 2018.

Crédito: Bruno Haddad/Cruzeiro

O técnico Vanderlei Luxemburgo acolheu Transação Disciplinar e, com isso, aceitou pagar uma multa de R$ 10 mil por ofensas ao árbitro Rodrigo Dalonso Ferreira, responsável por mediar o jogo entre Cruzeiro e Operário.

Metade do valor será destinado para uma instituição de caridade. O restante será recebido pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

Entenda o caso

Cruzeiro e Operário empataram por 1 a 1, no dia 16 de setembro, no estádio Arena do Jacaré. O jogo foi válido pela 24ª rodada do Brasileirão Série B. Com o jogo em andamento, Luxemburgo acabou expulso após reclamar de um lance.

“Você está mal-intencionado, quem deveria ser expulso é você, seu safado, é isso que vocês queriam”, relatou o árbitro Rodrigo Ferreira, na súmula da partida.

Nesta segunda-feira (25), o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) ofereceu Transação Disciplinar ao treinador. O Cruzeiro aceitou e a proposta foi homologada.

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes

“De ordem do Dr. Auditor  Relator, Dr. Felipe Bevilacqua de Souza deste Superior Tribunal de Justiça, referente  Recurso Voluntário sob nº processo nº313/2021 – Proposta de transação disciplinar: Técnico do EC Cruzeiro, Vanderlei Luxemburgo, informo que, através de despacho, foi homologada a transação”, diz o STJD, em nota oficial.

Leia também:

Mauro Cezar detona Luxemburgo: “não é técnico, é um cara totalmente obsoleto”

Dagoberto elogia Alexandre Mattos e lembra o que ouviu do dirigente no Cruzeiro

Técnico do Remo aceita pagar multa de R$ 20 mil após dizer que foi roubado pela arbitragem

STJD absolve Remo e adverte treinador de goleiros por ofensas ao árbitro