Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Real Madrid vence Barcelona com grande atuação de Vinícius Júnior

Real Madrid conseguiu uma grande vitória fora de casa no clássico diante do Barcelona com ótima atuação de Vinícius Júnior e assistência de Rodrygo

Fabrício Carvalho
Jornalista formado / Rio de Janeiro. Redator de notícias, artigos e relatos sobre futebol nacional e internacional, basquete e esportes americanos.

Crédito: Real Madrid CF

Barcelona Barcelona 1-2 Real Madrid Real Madrid
La Liga - 10ª Rodada

No aguardado El Clásico da 10ª rodada de La Liga, o Real Madrid venceu por 2 a 1 em pleno Camp Nou.

Vinícius Júnior foi o nome do jogo no primeiro tempo onde conseguiu se destacar nas ações ofensivas em velocidade pela esquerda e tabelou muito bem com Benzema na criação de oportunidades, deixando Mingueza para trás em diversas oportunidades.

Apesar disso, quem foi o autor do gol foi Alaba em grande assistência do brasileiro Rodrygo, definindo o placar a favor do Real Madrid na etapa inicial.

O segundo tempo foi menos movimentado com o Barcelona tendo maior controle da posse diante de um Real Madrid mais defensivo e precavido, buscando chances de contra-ataque para tentar matar o jogo. E desta forma, conseguiu marcar nos acréscimos com Lucas Vásquez aproveitando rebote.

No último lance, Aguero conseguiu descontar a favor do Barcelona em jogada de Dest, batendo de primeira dentro da área.

Primeiro tempo

O início foi marcado por muita movimentação no campo, mas poucas chances de gol pois ambas equipes se estudaram e adotaram marcação em bloco intermediário. Aos poucos, os espaços foram surgindo e o clássico esquentando.

As jovens estrelas começavam a surgir no jogo, mas a principal delas era Vinícius Júnior que se destacava nos lances de maior perigo do Real Madrid em jogadas individuais.

Em jogada aos 13′, o brasileiro disparou em velocidade pela esquerda e acionou Benzema dentro da área, mas Garcia conseguiu afastar e jogou para escanteio.

O Barcelona tentou responder logo em seguida em jogada de contra-ataque pelo flanco esquerdo, mas De Jong não conseguiu encontrar espaço para sair em velocidade.

Aos 21′, outra grande jogada de Vinícius Júnior pelo corredor esquerdo, deixando Mingueza para trás e chegando na área, mas um contato acabou derrubando o brasileiro e o Real Madrid pediu pênalti, não marcado pelo árbitro.

Três minutos depois, outra tabelinha de Vinícius Júnior e Benzema pela esquerda, mas desta vez Alba salvou o Barcelona com bloqueio fundamental em lance que foi paralisado por impedimento depois que o brasileiro dançou em cima do goleiro adversário dentro da área.

Na sequência, o Barcelona avançou em velocidade e perdeu uma chance de ouro. Memphis Depay quebrou as linhas pela esquerda e avançou na linha de fundo para cruzar na área. Anso Fati deu um tapa de calcanhar e a bola sobrou para Sergino Dest concluir sozinho, só que o jovem da seleção norte-americana jogou a bola fora e não capitalizou a chance.

Do outro lado, o Real Madrid capitalizou sua chance seguinte e foi fatal aos 32′. Alaba começou a jogada roubando a bola de Depay e quebrou as linhas com lançamento em profundidade para Rodrygo surgir na esquerda e avançar pela esquerda até Alaba receber com espaço e bater muito bem colocado num golaço em pleno Camp Nou.

No final do primeiro tempo, a equipe catalã tentou empatar com Depay cobrando escanteio na direita e Pique cabeceando firme em sua primeira ação ofensiva no jogo, mas a bola passou pelo lado esquerdo da trave e saiu.

Encerrando a primeira etapa, Alaba bloqueou o chute de Anso Fati e Busquets conseguiu receber na esquerda onde cortou para dentro e cruzou baixo buscando Fati novamente, mas David Alaba fechou bem o espaço e evitou maior perigo dentro da área, deixando o Real Madrid com a vitória parcial no intervalo.

 

Segundo tempo

Philippe Coutinho voltou no lugar de Mingueza no segundo tempo que começou com o Real Madrid marcando em bloco intermediário no 4-4-2 e com o Barcelona com mais posse de bola.

Na primeira ação ofensiva de perigo, Alba encontrou espaço para descer pelo flanco esquerdo e cortar para dentro onde Anso Fati finalizou, exigindo defesa do goleiro Courtois.

Tentando a resposta, o Real Madrid tentou novamente a tabelinha que funcionou na etapa inicial com Benzema recebendo grande passe de Vinícius Júnior para experimentar de longe da área, mas Ter Stegen defendeu firme.

Aos 13′, um lance polêmico que provocou reclamações do Barcelona: Toni Kross abriu os braços dentro da área e acertou o rosto de Memphis Depay. O árbitro mandou o jogo seguir sem interferência do VAR e Piqué recebeu cartão amarelo por reclamação.

Vinícius Júnior voltou a ter grande oportunidade de marcar aos 16′. Éder Militão deu um tapa sensacional no meio-campo e o atacante ganhou da marcação na esquerda para cortar para dentro na área, mas Dest afastou o perigo no momento da finalização.

Na sequência, Modric percebeu bom posicionamento de Benzema e o chute dentro da área saiu com muito perigo, mas Ter Stegen usou o corpo e afastou o perigo. Postado de forma mais defensiva, o Real Madrid conseguia as principais chances de perigo no segundo tempo através dos contra-ataques pela esquerda.

O Barcelona voltou a ter mais incisivo a partir dos 25′ quando Depay deixou Militão para trás e chegou na área, onde Anso Fati não conseguiu dominar. O Barça retomou a bola e Alba finalizou de fora, parando no goleiro Courtois.

Aos 39′, Memphis Depay cortou para dentro vindo pelo flanco esquerdo e cruzou na área onde Sergio Kun Aguero surgiu no meio e finalizou pela primeira vez logo depois de entrar no lugar de Anso Fati, mas o chute saiu por cima, fora do alvo.

Devido às paralisações diversas, o jogo teve sete minutos de acréscimo no segundo tempo, decisão que deixou a torcida do Barcelona esperançosa com um gol de empate na reta final, enfrentando um Real Madrid totalmente recuado na defesa.

Courtois sentiu lesão no joelho direito e jogou os acréscimos com perigo. Só que os visitantes conseguiram evitar perigo maior para o goleiro e definiram o placar aos 49′. Memphis Depay rolou na área em lance de perigo para o Barcelona, mas Carvajal salvou o Real Madrid e armou o contra-ataque onde Asensio carregou a bola pelo campo inteiro e bateu em cima do goleiro Ter Stegen, mas Lucas Vásquez acompanhou o lance pelo meio e matou o jogo no rebote.

O Barcelona ainda descontou no último lance do jogo com Dest carregando pela direita e cruzando na área onde Aguero completou de primeira, mas era tarde demais e o Real Madrid venceu o clássico.

 

FICHA TÉCNICA
BARCELONA 1-2 REAL MADRID

Data: 24/10/2021, 11:30
Estádio: Camp Nou

Gols: 1T 32′ Alaba (Real Madrid); 2T 49′ Asensio (Real Madrid); 2T 52′ Aguero (Barcelona)

Substituições – Barcelona: P.Coutinho (Mingueza); Aguero (Ansu Fati); Sergi Roberto (De Jong);

Substituições – Real Madrid: Valverde (Rodrygo)

Barcelona (4-3-3): Marc-Andre ter Stegen; Oscar Mingueza, Gerard Pique, Eric Garcia, Jordi Alba; Frenkie de Jong, Sergio Busquets, Gavi; Sergino Dest, Memphis Depay, Ansu Fati.

Real Madrid (4-3-3): Thibaut Courtois; Lucas Vazquez, Eder Militao, David Alaba, Ferland Mendy; Luka Modric, Casemiro, Toni Kroos; Rodrygo Silva, Karim Benzema, Vinicius Junior.

 

LEIA TAMBÉM

Ministério Público abre processo e Benzema, do Real Madrid, pode ir para a prisão

Barcelona x Real Madrid: Busquets ameaça recorde de Xavi e Messi

Primeiro clássico de Vinícius Jr. contra Barcelona teve ‘rabiscada’ e jogada para gol; relembre

Camisa reserva ‘vazada’ do Barcelona para 2022 é alvo de piadas na internet

Santos é o time com mais vitórias como mandante no Brasileirão de pontos corridos; veja o ranking

Campeão do mundo faz revelação sobre mercado da bola quando era profissional e detona: “era escravizado”

Rivaldo elege melhores times do Brasil e vê ‘prejudicado’ pela Libertadores

Palmeiras pode ganhar reforços em caso de classificação para o Mundial