Torcedores – Notícias Esportivas

Férias antecipadas? Atletas do Grêmio se surpreendem com coletiva e rebatem posição do vice de futebol do clube

Jogadores do Grêmio se surpreenderam com postura do clube na decisão dos afastamentos desta semana

Eduardo Caspary
Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Dupla Gre-Nal.

Crédito: Foto: Lucas Uebel/Grêmio

A primeira medida oficial do Grêmio após perder de 3×1 para o Bahia na última sexta-feira, fora de casa, foi afastar 7 jogadores, dos quais apenas um, Jean Pyerre, participou da partida em Salvador. A ação, ilustrada na coletiva do vice de futebol Denis Abrahão na última segunda-feira, surpreendeu os atletas, que, segundo a Rádio Gre-Nal, negam que possam ter pedido “férias antecipadas” como alegou o dirigente.

Além de Jean Pyerre, foram afastados pelo clube Paulo Miranda, Everton, Luiz Fernando, Léo Pereira, Leonardo Gomes e Guilherme Guedes. Do grupo, apenas os dois últimos devem se apresentar para a temporada do ano que vem.

“Atletas do Grêmio alegam que não pediram férias antecipadas, como afirmou o vice de futebol Denis Abrahão na coletiva de ontem. Conforme apurado pela reportagem da Rádio Gre-Nal, as falas do dirigente tricolor surpreenderam os jogadores”, relatou a emissora na tarde desta terça-feira.

Dirigente do Grêmio disse não se preocupar com reação dos atletas

Garantindo que todas as suas ações são em prol do Grêmio, pensando no clube, Abrahão destacou na coletiva que não estava “preocupado” se os jogadores iriam gostar ou não da decisão dos afastamentos.

“É verdade que sete jogadores foram dispensados. Alguns querendo antecipar férias, outros machucados, outros querendo sair. Mas a maioria com a cabeça em outro lugar. Tudo isso, com o passar do tempo, e estamos aqui há 45 dias, a gente vem sentindo o ambiente e com certeza a derrota na Bahia aflorou em mim uma série de situações que me constrangeram. Serei verdadeiro. Assisto todos jogos como torcedor e na Bahia eu sequer levantei da minha cadeira na primeira meia hora. Esse fato nunca tinha acontecido na minha vida de torcedor ainda. Na Bahia, me reuni com a direção e colocamos. Léo Gomes, Guedes, Paulo Miranda, Everton, Jean Pyerre, Léo Pereira e Luiz Fernando estão afastados e assim a gente atende o desejo do treinador de trabalhar com 25 jogadores”, explicou.

Matematicamente, o Grêmio permanece com chances de evitar aquela que seria a sua terceira queda na história. Para ajudar, precisa torcer para o Juventude perder em casa para o Bragantino logo mais, às 19h. O tricolor é o 18° colocado com 36 pontos, com quatro a menos que os caxienses e o Bahia, e volta a jogar quinta, 20h, em casa, frente ao São Paulo.

LEIA MAIS:

Mancini vê Grêmio “vivo” depois de empate com o Flamengo