Torcedores – Notícias Esportivas

Libertadores: Maurício Galiotte comemora fim de sua vitoriosa gestão: ‘Cumpri o meu papel’

Presidente do Palmeiras vibrou muito com o segundo título conquistado de maneira consecutiva e o tricampeonato diante do Flamengo, neste sábado (27)

Wemerson Ribeiro
Formado em Jornalismo pela Universidade Anhembi Morumbi, com passagem pelo Portal R7, como estagiário, na editoria de Esportes.

Crédito: Cesar Greco / Palmeiras

Em fim de mandato, o presidente do Palmeiras, Maurício Galiotte, avaliou que cumpriu seu papel com a conquista da Libertadores diante do Flamengo, neste sábado (27). O dirigente tem vínculo com o clube até o final deste ano e será substituído pela empresária e conselheira Leila Pereira.

Libertadores: Flamenguista pede namorada palmeirense em casamento e torcidas reagem: ‘Não!’; assista

Após a conquista, ele concedeu rápida entrevista à imprensa nas instalações do estádio Centenário antes de partir em direção ao Brasil. O cartola lembrou dos funcionários e vibrou com mais um título internacional: “Eu só tenho a agradecer, sou mais um colaborador. Hoje, o Palmeiras no topo da América é um orgulho para todos nós”.

“Deixo agora a administração do clube, mas deixo muito feliz. Eu acho que o palmeirense estando feliz, estando satisfeito, eu consegui cumprir meu papel”, completou Galiotte. O gestor entrou no cargo em dezembro de 2016 e dois anos foi reeleito para o triênio que se encerra no próximo mês.

Assista à fala:

No período em que esteve à frente clube, o cartola conquistou cinco títulos, sendo duas Libertadores seguidas. Já no futebol nacional, foram um Paulistão, uma Copa do Brasil e um Brasileirão papados. O time atualmente está na 3ª posição da Série A, mas com 16 pontos atrás do líder Atlético-MG, já jogou a toalha na competição.

Apesar dos momentos de glória, uma crítica frequente à gestão de Galiotte dava conta dos preços altos dos ingressos no Allianz Parque. A responsável por herdar esse problema será a presidente eleita Leila Pereira, que participou das comemorações no Uruguai e no Brasil nesta madrugada.

Veja mais:

Libertadores: Capa do ‘Olé’, da Argentina, ignora final entre Palmeiras x Flamengo

Libertadores: Porco amarrado sem comida no Maracanã para virar churrasco é resgatado

Libertadores: Conmebol homenageia Maradona em Montevidéu com campeões mundiais de 1986