Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Campeã olímpica Rebeca Andrade renova com Flamengo até 2024

Medalha de Ouro nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020, ginasta permanece no clube rubro-negro pelo menos até os jogos de Paris 2024

Victor Gonçales
Jornalista formado pela Universidade Metodista de São Paulo, trabalhou no Diário Lance!, Portal iG e no portal Basketeria, especializado na cobertura de basquete. Trabalhou, também, na assessoria de imprensa da Liga Nacional de Basquete

Crédito: Créditos: Paulo Reis/CRF

 

Primeira mulher brasileira campeã olímpica de ginástica artística, Rebeca Andrade renovou, nesta segunda-feira (29), seu contrato com o Flamengo. A ginasta, de 22 anos, estendeu seu vínculo com a equipe carioca até 2024, ano em que serão disputados os Jogos Olímpicos de Paris.

+ Flamengo homenageia título de Rebeca Andrade no Mundial: ‘Tem que respeitar’

“Hoje é um dia muito importante para mim. Foi no Flamengo que eu consegui desenvolver todo meu talento, todo meu potencial e está sendo um enorme prazer assinar este contrato por mais três anos. Assino com muito orgulho, afinal aqui é minha segunda casa. Espero continuar aqui por muitos e muitos anos”, afirmou a atleta.

Revelada em um projeto social de Guarulhos, sua cidade natal, Rebeca Andrade representa o Flamengo desde 2012. Em 2021 se tornou o principal nome da ginástica artística brasileira ao conquistar duas medalhas nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020. Ela faturou uma de prata no individual geral e uma de ouro no salto. Em seguida, também no salto, levou para casa o ouro no campeonato mundial, disputado no Japão, além de uma prata nas barras assimétricas.

Para celebrar o contrato renovado até 2024, a ginasta recebeu uma camisa comemorativa das mãos do presidente do Flamengo, Rodolfo Landim, e do vice-presidente de esportes olímpicos Guilherme Kroll.

“Momento muito especial aqui no Flamengo, já estamos pensando em Paris 2024. Nada melhor para simbolizar o início deste trabalho do que a renovação do contrato da Rebeca Andrade. A gestão Landim oferece à Nação mais três anos de uma menina que foi criada no clube e ainda estará nos representando por muito tempo”, disse Kroll.

Leia Mais

Paris 2024: Brasil já inicia planos para próximas Olimpíadas

Paralimpíadas: Rebeca inspira brasileira da bocha em seu primeiro treino na arena

Carlos Arthur Nuzman é condenado a quase 31 anos de prisão