Torcedores – Notícias Esportivas

Torcedores do Flamengo zoam Rogério Ceni por gols no início: “obrigado”

Hoje no São Paulo, o treinador foi campeão pelo Flamengo em 2020, mas nunca convenceu a opinião pública

Octávio Almeida Jr
Jornalista graduado pela Universidade da Amazônia (UNAMA), 29 anos.Repórter de campo pela Rádio Unama FM em duas finais de Campeonato Paraense (anos 2016 e 2017). Repórter no site Torcedores.com desde 2018.

Crédito: Rubens Chiri/São Paulo

O Flamengo enfrenta o São Paulo neste domingo (14), em jogo válido pelo Brasileirão Série A, no estádio Morumbi. O começo foi avassalador para o time carioca.

Com três minutos de jogo, o Flamengo fez 2 a 0. Gabigol abriu o placar logo com 30 segundos, e Bruno Henrique dobrou a vantagem após jogada individual de Michael.

Nas redes sociais, flamenguistas comemoraram os gols e foram além: agradeceram, em tom de ironia, ao técnico são-paulino, Rogério Ceni

Ceni também liderou a equipe rubro-negra.  Ele até foi campeão nacional em 2020, mas nunca convenceu a opinião pública.

Atacante é expulso e cenário piora

Os gols não foram os únicos golpes sofridos pelo São Paulo, no começo do primeiro tempo. Aos dez minutos, o centroavante argentino Calleri foi expulso.

No lance, ele dá um carrinho para recuperar a bola, mas acerta o zagueiro David Luiz com a sola da chuteira.

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes

O árbitro Leandro Pedro Vuaden aplicou, inicialmente, cartão amarelo. Mas alterou a decisão após ser chamado pela equipe do VAR.

Assista ao lance a seguir:

Ficha técnica – São Paulo x Flamengo:

Data: 14 de novembro de 2021

Motivo: Brasileirão Série A

Horário: 16h (horário de Brasília)

Local: estádio Morumbi (São Paulo/SP)

São PauloTiago Volpi; Diego Costa (Orejuela), Miranda, Léo e Reinaldo (Shaylon); Liziero, Igor Gomes e Gabriel Neves (Bruno Alves); Marquinhos (Vitor Bueno), Rigoni (Luciano) e Calleri – treinador: Rogério Ceni

FlamengoHugo Souza; Matheuzinho (Rodinei), Rodrigo Caio (Gustavo Henrique), David Luiz (Bruno Viana) e Renê; Willian Arão (Piris da Motta), Andreas Pereira e Éverton Ribeiro; Bruno Henrique, Michael e Gabigol (Kenedy) – treinador: Renato Gaúcho

Veja a repercussão a seguir:

Leia também:

São Paulo: assistente de Crespo conta bastidores da demissão

Brasileirão Série A: técnico surpreende e diz qual time tem o melhor elenco

Brasileirão Série A: clubes podem receber investimento bilionário de empresa

Série A: Antes de polêmica em jogo do Flamengo, CBF admitiu dois erros contra clube