Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Filme sobre Serena e Venus Williams, “King Richard: Criando Campeãs”, estreia nos cinemas

Produção com Will Smith será lançada nesta quinta-feira no Brasil

Thais May Carvalho
Colaborador do Torcedores

Crédito: Imagem: Divulgação Warner Bros. Pictures

Richard Williams tem uma visão para Venus e Serena: que elas sejam futuras campeãs de tênis. Mesmo sem ter profundo conhecimento técnico sobre o esporte, o pai cria um plano para que as filhas saiam das ruas de Compton para ocupar as maiores quadras de tênis do mundo.

“King Richard: Criando Campeãs” é um filme biográfico de duas horas e meia e cobre um período de sete anos, que vai da infância até a estreia de Venus em um torneio da WTA, aos 14 anos de idade. Nesse período, Richard Williams, com seus erros e acertos, foi incansável e superou inúmeras adversidades para treinar Venus e Serena, fizesse sol ou chuva.

O filme mostra como as irmãs Williams, mesmo sem ter um técnico, treinando com os métodos controversos do pai e com a ajuda imprescindível da mãe, Oracene “Brandy” Price, ultrapassaram todas as barreiras sociais, raciais e econômicas para se tornarem duas das maiores tenistas de todos os tempos.

Enquanto Venus venceu 49 torneios individuais e 22 em duplas, Serena é a segunda maior campeã de Grand Slams, com 23 títulos.

RECEPÇÃO DO FILME

De acordo com as críticas, o destaque do filme ficou para as atuações de Will Smith (Richard), Saniyya Sidney (Venus), Demi Singleton (Serena) e Aunjanue Ellis (Oracene). Um detalhe curioso é que Saniyya e Demi tiveram que passar por intensas sessões de treino para poder replicar a forma como as irmãs Williams jogam. Demi, que é canhota, precisou inclusive aprender a fazer tudo com a mão direita.

Mesmo sem ser um grande sucesso de bilheteria (o filme arrecadou 16,5 milhões de dólares em duas semanas), “King Richard: Criando Campeãs” recebeu boas notas dos críticos e do público. No Rotten Tomatoes, 90% das críticas foram positivas, enquanto 98% da audiência aprovou o filme. No IMDB, a nota dos usuários é de 7,6 pontos. Já no Metacritic, que abrange análises de diversos veículos, ele recebeu 76 de 100 pontos possíveis.

A produção também recebeu elogios de Venus e Serena. A família esteve envolvida no filme desde o princípio, mas as duas (junto com a irmã Isha Price) só concordaram em colocar seus nomes como produtoras executivas após verem o resultado final. Em entrevista, Serena disse que chorou o tempo inteiro e que achou que contar a história através da perspectiva do pai foi a escolha certa.

Quem também gostou do filme foi Beyoncé. Depois de assisti-lo, a cantora escreveu a música “Be Alive”, que toca no trailer e nos créditos finais.

Leia Mais

Novak Djokovic não deve participar do Australian Open

Roger Federer fala sobre o fim próximo da carreira

Quem é Peng Chuai, tenista que ficou desaparecida depois de acusação de assédio sexual