Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Fora dos planos da Chapecoense, ex-atacante de Atlético-MG, Flamengo e Santos, Geuvânio não terá contrato renovado

Geuvânio tem contrato com o Verdão do Oeste Catarinense até o fim da atual temporada

Wilson Pimentel
Jornalista esportivo desde 1998. Cobriu os principais eventos esportivos da última década. Passou pelas redações do SBT, Record TV, CNT, Esporte Interativo, Rádio Tupi, Rádio Brasil e Rádio Manchete. É correspondente de veículos de comunicação da Colômbia, Croácia, Paraguai e Portugal. Está no Torcedores.com desde 2019.

Crédito: Divulgação/ Chapecoense

Antes de mais nada, a passagem de Geuvânio pela Chapecoense chegou ao fim nesta terça-feira. Fora dos planos do clube, o jogador foi comunicado que não terá renovado para a temporada 2022. E, por isso, não terá seu contrato estendido.

O Torcedores.com apurou que a saída de Geuvânio faz parte do plano de corte de despesas da Chapecoense. Afinal, o presidente Gilson Sbeghen pretende formar um elenco com uma folha salarial mais modesta para disputar a Série B do Campeonato Brasileiro do ano que vem.

Ainda segundo apurou a reportagem, o “combo” de Geuvânio custou R$ 180 mil por mês aos cofres do clube catarinense. O valor contempla o salário, direitos de imagem e bonificações por jogos e gols marcados ao longo da temporada.

A Chapecoense tinha a prioridade em prolongar o contrato até dezembro de 2022. No entanto, a diretoria entente que Geuvânio não tem o perfil para disputar a Série B. Dessa forma, abriu mão do direito de manter o jogador por mais um ano na Arena Condá.

Contratado em março, vindo do Athletico Paranaense, Geuvânio disputou 41 jogos pela Chapecoense, sendo 27 no Brasileirão, um na Copa do Brasil e 13 no Campeonato Catarinense. Além disso, marcou quatro gols, deu quatro assistências e acumulou 1.171 minutos em campo.

Livre para buscar um novo clube, Geuvânio é monitorado por clubes da Arábia Saudita, Catas, Emirados Árabes, Estados Unidos e China. Dessa forma, a aquisição do atacante será feita sem custos.

A carreira de Geuvânio

Revelado pelo Santos, Geuvânio despontou para o futebol atuando ao lado de Neymar em 2012. Ao todo, disputou 102 partidas e marcou 25 gols com a camisa alvinegra. Posteriormente, foi negociado com o Tianjin Tianhai, da China.

Logo após deixar o futebol asiático, o atacante foi contratado pelo Flamengo em 2017. Entretanto, teve passagem sem brilho pelo rubro-negro onde acumulou críticas, lesões e jogos baixo da expectativa. E, por isso, foi dispensado pelo clube.

Em 2019, Geuvânio passou pelo Atlético-MG onde não deixou saudades. No ano seguinte, chegou ao Athletico Paranaense a pedido do técnico Dorival Júnior. Entretanto, não conseguiu se firmar com a camisa do Furacão da Baixada. 

LEIA MAIS: 

Brasileirão Série A 2021: confira a tabela completa do campeonato 

Brasileirão Série B 2021: confira a tabela completa do campeonato 

Em busca de técnico para 2022, Chapecoense sonda Felipe Conceição ex-Botafogo, Cruzeiro e Remo 

Ex-técnico de Flamengo, Fluminense e Vasco é oferecido a Chapecoense, mas diretoria descarta 

Chapecoense exige pagamento na multa rescisória para liberar atacante ao Botafogo 

Raio-X: como foram os últimos trabalhos de Jair Ventura, novo técnico da Chapecoense 

Chapecoense é o primeiro time da história do Brasileirão de pontos corridos a não vencer em casa 

Hulk diminui vantagem de Gabigol: os atletas com mais gols na temporada 

É decisão na Champions League! veja a agenda de jogos de hoje(7) 

Champions League: SBT transmite um jogo AO VIVO hoje (7)