Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Mancini pode ser demitido antes do Grêmio encarar o Atlético-MG na quinta-feira; entenda

Mancini está ameaçado de demissão após onda de resultados ruins e rebaixamento nesta segunda-feira, em caso de confirmação, poderá resultar na saída já nos próximos dias

Matheus D'Avila
Colaborador do Torcedores

Crédito: Lucas Uebel / Grêmio fbpa

O futuro do técnico Vagner Mancini está em discussão no Grêmio. O risco do rebaixamento nesta segunda-feira está associado a resultados paralelos dos adversários. Como resultados, o futuro do clube poderá ser decidido nas próximas horas, o que vai acelerar alguns processos. Conforme palavras do presidente Romildo Bolzan Júnior, as definições e planejamentos gremistas na temporada 2022 serão pautas após a concretização matemática do que ocorrerá com os gremistas.

Ainda assim, a grande especulação aponta para treinador. De acordo com o jornalista Vagner Martins, Mancini poderá não comandar mais o Grêmio a partir da efetivação matemática do rebaixamento. Ou seja, caso os gaúchos tenham o descenso confirmado na segunda-feira, um desligamento já é visto como possível antes do duelo diante do Atlético-MG na última rodada do Brasileirão. Dessa forma, seria dado início ao processo de reestruturação cobrado pelos torcedores pensando na série B.

Futuro em pauta

Mais cedo, o repórter Eduardo Gabardo informou que a insatisfação com Mancini só aumenta nos bastidores do Grêmio. Consequentemente, os dirigentes debatem nomes para o próximo ano e um se destaca na lista: Roger Machado. Treinador entre os anos de 2015/2016, o técnico está livre no mercado, mas recusou convites no meio da temporada por questões familiares. Logo, não há convicção sobre a viabilidade de uma contratação imediata. Por fim, de acordo com pessoas próximas ao profissional, além de clubes brasileiros, clubes estrangeiros também fizeram contato com Roger.

Torcedores indicam mais atletas para “barca” do Palmeiras; veja nomes

Vidal no Atlético-MG? Dirigente atleticano fala sobre chance de contratação e possível chapéu no Flamengo

Após sair da Band, Edílson Capetinha assina contrato com outra emissora

Polícia diz que Ramon, do Flamengo, não estava embriagado em acidente