Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Presidente do América explica declaração polêmica contra o Atlético-MG e cutuca rival

Alencar polemizou na véspera do clássico com o Atlético

Eder Bahúte
Jornalista e assessor de imprensa.

Crédito: Divulgacao/Atlético

Na semana da partida entre Atlético e América-MG, o presidente do Coelho, Alencar da Silveira Júnior tratou de colocar panos quentes e apimentou o clássico da 30ª rodada do Campeonato Brasileiro. Na ocasião, ele até concordou que o rival seria o campeão, mas que os pontos diante do time americano ele não ganharia.

“Só Deus tira o título do Atlético este ano, com muita tranquilidade. Mas ele não vai ser campeão com os três pontos do América no próximo domingo. Vamos entrar para manter o futebol de qualidade e conseguir mais uma vitória nesta sequência que estamos tendo – afirmou Alencar à Rádio Super FC.

O Galo, porém, fez valer o favoritismo e venceu por 1 a 0. Em entrevista à Rádio Bandeirantes, na quarta-feira, Alencar explicou o motivo daquela polêmica declaração. Além disso, aproveitou para relembrar a final do Mineiro deste ano que, na sua visão, o América saiu prejudicado.

“Eu iria deixar a imprensa brasileira e mineira só falar de Atlético naquela semana? De jeito nenhum! Eu só errei uma das previsões. O Galo vai ser campeão mesmo (risos). Mas eles deram muita sorte. Era jogo para empate. E meteram a mão na gente na final do Mineiro”, completou.

Hoje, o Atlético pode garantir seu segundo título da Série A. Logo mais às 18h (de Brasília) o Galo enfrenta o Bahia, que luta contra o rebaixamento. A partida acontece na Arena Fonte Nova, em Salvador. Suspensos pelo terceiro cartão amarelo, os meias Allan e Jair, e o atacante Diego Costa estão fora.

Réver, lesionado, está entregue ao departamento médico. A tendência é que Tchê Tchê e Zaracho façam a dupla no meio, com Nacho Fernández na criação. Na frente, a trinca pode ser Keno, Hulk e Eduardo Vargas.

LEIA TAMBÉM: