Ícone do site Torcedores – Notícias Esportivas

Coelho detona direção de base do Corinthians: “Não merecem estar ali”

Corinthians

Rodrigo Gazzanel - Divulgação - Corinthians

Ex-jogador teve sua passagem como treinador da base do Timão encerrada no início de 2021

Demitido do Corinthians no primeiro semestre do ano passado, sendo responsável por treinar o sub-20 e o profissional de forma interina, o técnico Dyego Coelho, teceu comentários críticos à gestão das categorias de base do clube paulista. Em entrevista ao “Central do Mercado”, do ‘ge’, o ex-jogador classificou que há profissionais que não deveriam cuidar desse departamento do clube.

Agora no comando do sub-23, do Portimonense, de Portugal, Coelho enfatizou a necessidade de uma boa gestão para se colher bons frutos, e apontou supostos descasos nos bastidores do Timão.

“A gente sabe o quanto o Corinthians é político e o quanto de pessoas boas têm ali. O pior de tudo é que são essas pessoas que estão no topo. O problema são os funcionários sem capacidades para estar ali e gerir adolescentes com problemas, gerir situações táticas, ajudar a fazer o bem para o clube. Ajudar não é rede social, é parar de pensar em você, achar que sabe tudo, parar de tratar pessoas mal, humilhar algumas pessoas, e seguir em frente como se fosse normal. A maior joia do clube é a base. E o pior: não ligam para aquilo. É preciso contratar quem entende do ser humano, do futebol, para evoluir o ser e torná-lo grande atleta. Não querem ver isso, querem ver o próprio umbigo. Não merecem ter lugar ali. A gente vai perdendo jogadores, seres humanos com situações melhores”, iniciou o ex-jogador e ex-técnico do Timão.

“Cuidar do ser humano primeiro não é fácil, mas sei que tem gente capacitada para isso. Não é só vitória que interessa na base, tem uma série de coisas. O Corinthians é estruturado, tem um CT fantástico, um clube que ainda funciona. Tem um nível muito alto nisso. De alguns profissionais, o sub-17 foi campeão paulista com o Gustavo, é um grande profissional, e outros que elevam o clube. Em nível técnico e tático, dos profissionais, hoje está muito abaixo dos grandes. Tem coisas a mudar drasticamente. Os eliminados são bons jogadores, talentos que precisam ser trabalhados”, concluiu Coelho.

Coelho dirigiu o sub-20 do Corinthians em 125 oportunidades, acumulando 45 vitórias, 26 empates e 41 derrotas, tendo faturado os vices da Copa do Brasil e Paulistão da categoria. Já pelo profissional, foram 15 jogos dirigindo a equipe alvinegro, onde conseguiu a classificação para a Libertadores.

LEIA TAMBÉM: 

Corinthians é denunciado pelo STJD e pode pegar pena gravíssima; entenda

Como acompanhar o Corinthians no Youtube nos jogos do Paulistão?

Esquecido no Corinthians, atacante aguarda proposta do futebol árabe

Jobson em nova polêmica, preocupação com Neymar, Cruzeiro em risco e mais: as últimas notícias do futebol

Atlético-MG fecha acordo na Justiça com empresário; veja valor acertado

Inovação! Flamengo utiliza um novo recurso para recuperação de lesões

Pai de Endrick revela inspiração do atacante: “Quer ser igual”

Cebolinha no Flamengo, destino surpreendente de Luiz Adriano, Piazon na Série A, Alario no Palmeiras: as últimas do mercado da bola

Leia mais:

Sair da versão mobile