Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Entenda a negociação entre América-MG e Benfica por Germán Conti

Germán Conti é uma das principais contratações do clube mineiro para a disputa da Copa Libertadores da América

Wilson Pimentel
Jornalista esportivo desde 1998. Cobriu os principais eventos esportivos da última década. Passou pelas redações do SBT, Record TV, CNT, Esporte Interativo, Rádio Tupi, Rádio Brasil e Rádio Manchete. É correspondente de veículos de comunicação da Colômbia, Croácia, Paraguai e Portugal. Está no Torcedores.com desde 2019.

Crédito: Divulgação/ Benfica

Antes de mais nada, Germán Conti é uma das contratações mais badaladas do América-MG. Ele chega ao clube para a disputa da Copa Libertadores da América em 2022. O zagueiro foi um dos destaques do Bahia apesar do rebaixamento para a Série B do Campeonato Brasileiro.

O Torcedores.com apurou que o América-MG precisou fazer uma força-tarefa para impedir que o Benfica, dono de seus direitos econômicos, negociasse o argentino com outras equipes do futebol brasileiro como Internacional e Santos.

Além da vontade do jogador em defender o Coelho, o presidente Alencar da Silveira Jr precisou apresentar um plano de carreira para convencer Germán Conti aceitar a proposta do América-MG.

Depois de pouco mais de um mês de negociação, os representantes do atleta conseguiram a liberação junto ao Benfica. Afinal, o clube português não pretendia reintegrá-lo ao elenco apesar da lesão de Lucas Veríssimo.

Nesse meio tempo, Germán Conti nunca escondeu o desejo de seguir no futebol brasileiro. Isso, evidentemente, foi fator importantíssimo para que o acordo fosse costurado a ponto de não dar chance para os rivais, que tentaram atravessar a negociação.

Ainda segundo apurou a reportagem, o Benfica emprestou Germán Conti após o América-MG aceitar as seguintes premissas: opção de compra dos direitos fixada em 1,5 milhão de euros (R$ 9,5 milhões, pela cotação atual) e o pagamento integral dos vencimentos do atleta.

Outro ponto que sensibilizou Germán Conti foi a disputa da Copa Libertadores da América. O time conseguiu vaga no torneio mais importante do continente após ficar em oitavo no último Campeonato Brasileiro ficando à frente de rivais como Santos, Internacional e São Paulo.

A carreira de Germán Conti

Revelado pelo Colón, Germán Conti surgiu como grande promessa do futebol argentino. Após defender as seleções de base de seu país, o zagueiro foi negociado com o Benfica por 3,5 milhões de euros (R$ 22,1 milhões, à época).

Apesar disso, o defensor nunca conseguiu se firmar no clube encanado. Nesse ínterim, disputou 10 jogos e fez um gol entre 2018 e 2019. Posteriormente, foi emprestado ao Atlas, do México, onde também não brilhou.

Em 2021, por exemplo, foi destaque do Bahia apesar do rebaixamento para a Série B do Campeonato Brasileiro. Ao longo da temporada, defendeu o clube em 45 oportunidades, sendo cinco na Copa Sul-Americana, 28 no Campeonato Brasileiro, cinco na Copa do Brasil e sete na Copa do Nordeste.

LEIA MAIS: 

Jorge Jesus no Atlético-MG: Benfica planejava que técnico virasse dirigente do clube após aposentadoria 

Jorge Jesus no Atlético-MG: Ricardo Guimarães é peça-chave na negociação com ex-técnico do Benfica 

Bastidores: o que impede a saída de Jorge Jesus do Benfica? 

Por que Jorge Jesus é tão amado e odiado pelos torcedores do Benfica?

Santos recusou Endrick? Garoto foi oferecido, mas o Santos diz que não tinha como concorrer com a proposta do Palmeiras  

Richarlyson, ex-São Paulo, é anunciado como novo comentarista da Globo  

Atlético-MG recebe proposta da Itália por Nathan Silva; veja os detalhes  

Mercado da Bola: Flamengo pode fechar a saída de mais um jogador para 2022