Home Futebol Com demissão de Sylvinho no Corinthians, quais são os possíveis destinos para Jorge Jesus

Com demissão de Sylvinho no Corinthians, quais são os possíveis destinos para Jorge Jesus

Jorge Jesus estuda possíveis destinos para o próximo passo da carreira; Corinthians estabeleceu português como o ficha um para o time

Matheus D'Avila
Colaborador do Torcedores

Divulgação

PUBLICIDADE

A demissão do técnico Sylvinho pode provocar uma grande bagunça no mercado dos treinadores. Isso se deve ao fato dos dirigentes do Timão colocarem o técnico Jorge Jesus como principal alternativa para o cargo de comandante da equipe. O português, que foi sondado em 2022 por Flamengo e Atlético-MG, ainda não acertou com um novo clube após a demissão do Benfica. Atualmente, vive um dilema entre as opções disponíveis para o seu destino.

De acordo com as informações divulgadas pelo repórter Bruno Andrade, do portal Uol Eportes, Jorge Jesus foi abordado por diversos times nas últimas semanas. Entre os favoritos, em virtude das condições financeiras, estão Al Nassr e Al Ahli, equipes da Arábia Saudita. Inclusive, o treinador tem experiência no país, já que trabalhava lá antes de assumir o Flamengo.

Aos 67 anos, Jorge Jesus estuda as suas opções. Até o momento, não há nenhum indício de qual caminho ele optará. Por fim, independente da escolha, os valores pagos para ele e seus pares serão elevados. Conforme os relatos, o custo da comissão técnica gira na casa dos 2 milhões de euros. Ou seja, R$ 12 milhões.

PUBLICIDADE

Estrangeiros não treinam o Corinthians há muito tempo

Agora sem Sylvinho no comando técnico, o Corinthians corre para buscar um nome que assuma a equipe na temporada de 2022. O que muitos torcedores querem é que, assim como os rivais Palmeiras, Flamengo e Atlético-MG, o Timão invista em um treinador estrangeiro para o cargo.

Caso o Corinthians aposte em um gringo, será uma novidade no clube em quase duas décadas. Isso porque o último técnico estrangeiro do Corinthians foi o argentino Daniel Passarela, contratado em março de 2005 após demissão justamente de Tite, hoje ídolo intocável da Fiel.

PUBLICIDADE

Atacante rescinde com o Corinthians e é anunciado por equipe da série B

Mercado da bola: Luxemburgo em time surpreendente, Léo Ortiz no Flamengo, Inter quer atleta do Corinthians; os rumores de hoje

Mundial de Clubes, Paulistão, Real Madrid: veja a agenda de hoje (3)

PUBLICIDADE

Caiu! Após derrota para o Santos, diretoria do Corinthians demite técnico Sylvinho