Home Futebol Corinthians terá pelo menos dois desfalques para estreia de António Oliveira

Corinthians terá pelo menos dois desfalques para estreia de António Oliveira

Treinador terá problemas para resolver em sua primeira partida no comando técnico do Timão

Flavio Souza
Formado em Gestão de TI e cursando Jornalismo. Desde 2006 escrevo sobre esportes em geral, ingressando em dezembro de 2018 no site Torcedores.com, onde atualmente exerço função de Colaborador Sênior. Atualmente meu foco é no futebol brasileiro e internacional, mas procuro falar sobre outras modalidades, como esportes olímpicos, por exemplo. Meu foco é trazer informações relevantes sobre os clubes fora de campo, como entrevistas, análises financeiras, desempenho das equipes em redes sociais e análises táticas.
Ángel Romero comemorando gol pelo Corinthians

Ángel Romero comemorando gol pelo Corinthians (Rodrigo Coca / Agência Corinthians)

PUBLICIDADE

Neste domingo (11), começa de forma oficial a passagem de António Oliveira como treinador do Corinthians. Sua estreia será contra a Portuguesa, em duelo que acontecerá às 16h na Neo Química Arena.

Com apenas dois treinos, a tendência é de que o profissional português não faça muitas mudanças no time que vinha jogando, mas um desfalque é certo, já que Ángel Romero está suspenso pelo terceiro cartão amarelo.

Já Gustavo Henrique, que ainda não estreou pelo Timão, está na reta final da transição física e não estará à disposição de António para o duelo contra a Lusa.

PUBLICIDADE

Possível escalação alvinegra

Caso repita a formação tática que o Corinthians utilizou nos últimos jogos, uma possibilidade seria a entrada de Yuri Alberto no lugar de Romero, mantendo o 433.

Uma alternativa seria com António Oliveira armando o time em um 4141, com apenas Pedro Raul como referência no ataque. Neste caso poderemos ter Matheus Araújo ou Matías Rojas ganhando oportunidade no meio de campo.

Uma terceira opção seria uma combinação das duas escalações acima, com Yuri e mais um jogador de meio de campo, com o Timão sendo escalado em um 442. Neste caso outro jogador que deixaria o time titular seria Wesley.

Nas demais posições a tendência é que o treinador mantenha os demais jogadores, começando o duelo com Cássio; Fagner, Félix Torres, Caetano e Hugo; Raniele, Maycon, Garro; Yuri Alberto (Matheus Araújo ou Rojas), Pedro Raul e Wesley (Matheus Araújo ou Rojas)

PUBLICIDADE

Momento complicado do Corinthians no Paulistão

Com cinco derrotas seguidas o Timão hoje tem como foco evitar a queda para a Série A2 do Campeonato Paulista.

São três pontos ganhos, apenas um a mais que o Santo André, lanterna na classificação geral. Por conta disso o duelo contra a Portuguesa virou uma “final”, até porque em caso de vitória o time alvinegro ultrapassa a própria Lusa na tabela do estadual.

Um novo tropeço pode fazer a equipe alvinegra inclusive terminar a rodada na última colocação. Por outro lado, os três pontos em casa podem não só fazer o Corinthians “respirar” contra o fantasma do rebaixamento como voltar a sonhar com uma vaga na fase decisiva do Paulistão, dependendo dos resultados dos outros times do Grupo C.

O clube alvinegro não pode deixar a lanterna do grupo nesta rodada, mas pode diminuir a distância para a zona de classificação de seis para três pontos, desde que o Mirassol seja derrotado pelo Santos e a Inter de Limeira perca para o Botafogo-SP.

PUBLICIDADE