Home Futebol Vampeta “esquece” o Santos e indica dois destinos para Neymar no Brasileirão

Vampeta “esquece” o Santos e indica dois destinos para Neymar no Brasileirão

Comentarista descartou uma eventual investida do Palmeiras pelo craque da seleção

Bruno Romão
26 anos, jornalista formado pela Universidade Estadual da Paraíba, amante da escrita, natural de Campina Grande e um completo apaixonado por futebol. Contato: [email protected]
Neymar Jr.

Mesmo se aproximando do Santos, com um possível retorno cogitado em 2025, Neymar pode receber ofertas de outros clubes do Brasil. Sem levar em conta a prioridade atrelada ao Peixe, Vampeta acredita que, pensando em competitividade, Flamengo e Atlético-MG são as melhores opções para o camisa 10.

PUBLICIDADE

Considerando o plano de Neymar disputar a próxima Copa do Mundo, Vampeta sinalizou que os dois destinos em questão iriam preparar o craque. Apesar da possibilidade do atacante ser detonado pelos torcedores do Santos, o ex-jogador fez questão de lembrar o caso envolvendo Ronaldinho Gaúcho e Grêmio.

“O homem tem casa no Guarujá, tem casa na praia… mas se for para vir profissionalmente, é certeza: Flamengo ou Atlético-MG. Se for jogar cinco ou seis meses pensando em Copa do Mundo. Nada de dinheiro.”, disse Vampeta, no programa Bate-Pronto, da Jovem Pan.

PUBLICIDADE

“O Atlético-MG gosta de fazer essas loucuras. É amigo do Tite, o Neymar é o menino dos olhos de ouros do Tite. O Ronaldinho Gaúcho com o Grêmio, o som tocando e daqui a pouco apareceu no Flamengo.”, prosseguiu.

Neymar no Palmeiras?

Além da rivalidade entre Palmeiras e Santos, Vampeta apontou que Neymar seria “rejeitado” por Abel Ferreira. Isso porque o técnico do time alviverde, na visão do comentarista, não iria se interessar em uma contratação capaz de abalar o vestiário.

“O Palmeiras, sendo dirigido pelo Abel, não vai trazer ninguém para tumultuar. Não que o Neymar seja para tumultuar, mas já vira um oba-oba diferente. O Atlético-MG e o Flamengo gostam desse oba-oba, e o Tite conduz bem o Neymar porque sempre trabalharam juntos.”, afirmou.