Home Futebol Jogador do Corinthians pensou em procurar imprensa para fazer revelações, mas foi convencido a ficar em silêncio

Jogador do Corinthians pensou em procurar imprensa para fazer revelações, mas foi convencido a ficar em silêncio

Atleta estaria irritado com Timão e gostaria de ter procurado a mídia para abrir o jogo sobre sua situação na equipe

Matheus Camargo
Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina (UEL), colaborador do Torcedores.com desde 2016. Radialista na Paiquerê 91,7.
Palacios, Corinthians

Diego Palacios em pré-jogo do Corinthians (Rodrigo Coca / Agência Corinthians)

O lateral Diego Palacios se irritou com o departamento médico do Corinthians pela confusão em seus diagnósticos no clube desde que chegou, em janeiro. O jogador gostaria de ter procurado a imprensa para demonstrar sua insatisfação e para revelar os problemas pelos quais têm passado no clube, mas segundo o UOL Esporte foi convencido a ficar em silêncio.

PUBLICIDADE

Palacios fez uma segunda cirurgia no joelho desde que chegou ao Corinthians e dificilmente ficará à disposição para voltar a campo nesta temporada. Ele disputou apenas um jogo no ano, em janeiro, pelo Paulistão, quando saiu no intervalo com dores no joelho.

Segundo a publicação, Palacios entende que os erros do departamento médico prejudicaram sua temporada e procurou seus empresários para mostrar insatisfação. Seus agentes mantém contato direto com o Corinthians para evitar a publicidade do caso.

PUBLICIDADE

O lateral equatoriano, que em sua passagem pelo Los Angeles FC, dos Estados Unidos, teve duas lesões de grau leve e disputou quase 50 jogos no ano passado, chegou ao clube com uma lesão na cartilagem do joelho, o que não foi detectado nos exames médicos iniciais.

Corinthians mudou protocolo e não encontrou lesão do jogador

Conforme o UOL, o clube do Parque São Jorge modificou seu protocolo de 2023 para 2024 e, com isso, só fez exame de ressonância magnética em quem possuía histórico de lesão grave no joelho.

Naquela período, o departamento médico ainda era comandado por Fábio Novi, que deixou o cargo para que Ana Carolina Ramos assumisse em fevereiro.

Assim que a nova médica assumiu e Palacios se lesionou em sua estreia, no dia 27 de janeiro, novos exames foram feitos e a lesão na cartilagem foi detectada com a mudança no departamento.

PUBLICIDADE

A primeira cirurgia do jogador foi feita em fevereiro, sendo liberado para correr no gramado três semanas depois, mas nunca deixou de sentir dores.

Dias depois ele voltou a torcer o joelho e seu problema na cartilagem foi agravado, o que levou à nova cirurgia realizada no início da semana. Palacios exige cuidado máximo para que volte a atuar somente quando estiver com 100% de sua condição física.

18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial