Berrío rejeita clube paraguaio e irrita dirigentes do Flamengo; empresário busca alternativas

Berrío recusou proposta de empréstimo do Cerro Porteño e atrasa “limpa” no Rubro-Negro

Wilson Pimentel
Colaborador do Torcedores

Crédito: Foto: Alexandre Vidal /Flamengo

Jogar no Paraguai não está nos planos de Orlando Berrío. O colombiano rejeitou uma transferência para o Cerro Porteño, que sinalizou com a possibilidade de pagar R$ 320 mil por mês. O valor é igual ao que recebe atualmente no Flamengo. O desejo do clube paraguaio era contratá-lo por empréstimo até o final deste ano. Com isso, o colombiano irá permanecer no clube.

O Torecedores.com apurou que a proposta foi apresentada ao Flamengo por um representante do Cerro Porteño. O vice-presidente de futebol do Flamengo Marcos Braz autorizou a negociação após contar com o aval do técnico Jorge Jesus. Porém, a negativa do colombiano irritou o dirigente rubro-negro que deseja negociar o jogador. Ainda mais porque Marcos Braz precisa atender aos pedidos do treinador português para reforçar o ataque.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!

Entre o Flamengo e o Cerro Porteño, já estava tudo certo para que Berrío vestisse a camisa do clube paraguaio a partir de janeiro deste ano. Antes de mais nada, o colombiano tem projetos mais ambiciosos para sua carreira. Ele deseja ir para clubes maiores em centros importantes do futebol. Por isso, o jogador rejeitou atuar em uma liga periférica como a paraguaia.

Contratado pelo Flamengo em 2017, Orlando Berrío de 28 anos tem contrato até 31 de dezembro de 2020. Internamente, o atacante é considerado um jogador negociável. Uma possível venda de Berrío é vista com bons olhos pela diretoria rubro-negra. Ainda mais porque o clube é dono de 100% dos direitos econômicos do atleta.

Sem qualquer protagonismo no futebol brasileiro, Berrío é alvo de críticas por parte da torcida do Flamengo. Os adeptos não entendem os motivos pelos quais o clube resolveu investir US$ 3,5 milhões (R$ 11 milhões) para adquiri-lo junto ao Atlético Nacional (COL) à época. Ele realizou 79 partidas e fez sete gols em três anos com a camisa rubro-negra.

Siga o Torcedores também no Instagram

Orlando Berrío não realizou uma boa temporada pelo Flamengo. O colombiano passou a maior parte do ano na reserva ou entregue ao departamento médico, tendo inclusive acumulado uma série de lesões musculares. Além disso, o atacante não conseguiu desbancar Éverton Ribeiro e viu o jovem Lucas Silva ganhar algumas oportunidades entre os titulares.

Apesar de ter colecionado títulos pelo Flamengo em 2019, Berrío começou e terminou o ano participando discretamente das conquistas da Copa Libertadores da América, Campeonato Brasileiro, Campeonato Carioca e Flórida Cup.

Berrío não tem outras propostas para deixar o Flamengo

O empresário Néstor Villareal, que cuida da carreira de Orlando Berrío, está trabalhando para tirar o atacante do Flamengo. Ainda segundo apurou a reportagem, o colombiano recebeu sondagens de clubes da Argentina e Turquia. Porém, as possibilidades que surgiram não são concretas. Mas se houver alguma proposta oficial, as chances de uma negociação aumentam neste início de ano.

Villareal tenta ser discreto na sua movimentação no mercado e avalia todas as alternativas de forma confidencial. No entanto, o agente foi procurado nesta terça-feira por um representante do Boca Juniors, que desejava receber informações sobre a situação de Berrío. Mas em nenhum momento o clube argentino apresentou uma oferta pelo colombiano.

Em dezembro de 2019, o Coritiba iniciou conversas com o Flamengo por Berrío. Porém, o jogador não se interessou pela transferência. Com isso, o colombiano decidiu concentrar seus esforços no trabalho para convencer Jorge Jesus a lhe dar mais oportunidades no time titular nesta temporada. Com a boa fase de Éverton Ribeiro e a chegada de Pedro Rocha, o atacante está ciente de que é visto como um reserva de luxo atualmente.

LEIA MAIS:

Salário alto impede negociações para a saída de Berrío do Flamengo

Sport desiste de João Lucas e Flamengo dará nova chance ao lateral

Vitinho vira um “peso” no Flamengo: diretoria descarta empréstimo para clubes da China