Marcos, Rogério e mais: relembre 7 frangos inesquecíveis

Lance de goleiro do Ajax na última segunda (10) motivou lista do Torcedores

Matheus Camargo
Colaborador do Torcedores

Crédito: Reprodução

O time B do Ajax tomou um sonoro 7 a 2 nas divisões inferiores do futebol holandês e um frango chamou a atenção. Por isso, incluindo a falha do goleiro, listamos 7 frangos inesquecíveis da história do futebol. Veja abaixo:

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Bruno Varela
O promissor goleiro português chegou ao Ajax para tentar encontrar seu espaço como titular, mas acabou renegado ao time B e mostrou que não está pronto. O frango sofrido pelo arqueiro em partida que o Ajax foi goleado por 7 a 2 está repercutindo em todo o mundo. (Assista aqui)

Marcos
Em uma goleada histórica sofrida pelo Palmeiras em 2003, Marcos sofreu o maior frango da carreira ao tentar acertar um bico na bola e furar bisonhamente.

Muralha
Em 2017, quando vivia a pior fase da vida no Flamengo, Muralha cometeu falha bizarra ao tentar driblar Ricardo Oliveira e se atrapalhar completamente.

Cássio
Um dos maiores da história do Corinthians, Cássio tomou seu pior frango na passagem pelo clube no ano passado, quando recebeu chute despretensioso de Ganso e aceitou em falha clássica.

Arruabarrena
O gol é recente e ajudou o Brasil a chegar nas Olimpíadas de Tóquio. Após sair perdendo para o Uruguai, a Seleção chegou ao empate após cabeçada de Pedrinho. O gol, porém, foi contra do goleiro Arrubarrena em frango bizarro.

Michel Alves
Ex-Vasco, o goleiro Michel Alves cometeu aquele que para muitos é um dos maiores frangos da história do futebol em jogo contra o América-MG. O goleiro segurou cabeçada fácil, foi tentar sair jogando rápido e soltou a bola dentro do gol.

Rogério Ceni
O ídolo do São Paulo também falhou e tomou um frango daqueles clássicos, em chute fraco, no meio do gol e em uma goleada para o rival. Após finalização de Jorge Henrique, da intermediária, Rogério aceitou e viu a bola entrar de mansinho no gol do Pacaembu.

Leia mais:
Não é só Enderson: 7 técnicos que voltaram aos clubes pouco tempo após terem saído