Na mira do Liverpool, “novo Roberto Firmino” pode render R$ 470 milhões ao Benfica

Carlos Vinícius tem contrato com o Benfica até 2024

Wilson Pimentel
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Divulgação /Benfica

De olho no mercado em busca de reforços para a próxima temporada, o Liverpool pode contratar um brasileiro que é destaque em Portugal. De acordo com o jornal espanhol “As”, os Reds desejam se reforçar com o atacante Carlos Vinícius, do Benfica, artilheiro do Campeonato Português, com 14 gols.

Cartão de crédito sem anuidade? Abra sua conta Meu BMG agora!

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!

Siga o Torcedores também no Instagram

O jogador tem chamado a atenção dos principais clubes da Europa. Recentemente, observadores do Chelsea, Juventus, Liverpool e Paris Saint-Germain estiveram em Lisboa para analisar o desempenho de Carlos Vinícius. Porém, o brasileiro surge como opção caso o técnico alemão Jürgen Klopp seja obrigado a abrir mão de Roberto Firmino.

Acompanhe as notícias do seu time pelo Facebook

Caso queira contratar Carlos Vinícius, o Liverpool terá de desembolsar 100 milhões de euros (R$ 472 milhões) para pagar a multa rescisória. Por outro lado, o Benfica está disposto a costurar um acordo para receber 60 milhões de euros (R$ 283 milhões) pelos direitos econômicos do jogador.

O presidente do Benfica, Luiz Felipe Vieira, demonstra tranquilidade em relação a saída do jogador do Estádio da Luz. Afinal, Carlos Vinícius custou aos cofres do clube 17 milhões de euros (R$ 71 milhões) quando foi contratado junto ao Napoli, em julho do ano passado.

Revelado Santos, Carlos Vinícius é natural de Bom Jesus das Selvas (BA). O atacante tem 24 anos também passou pela base do Palmeiras. Logo depois, atuou profissionalmente pela Caldense (MG) e Grêmio Anápolis (GO). Posteriormente, ele foi negociado com o Real SC, que disputa a 2ª divisão de Portugal. Por lá, disputou 39 jogos e marcou 29 gols na temporada 2017/2018.

A carreira de Carlos Vinícius

A boa temporada no futebol português chamou a atenção de diversos clubes europeus. Com isso, Carlos Vinícius foi negociado no ano seguinte com o Napoli. Porém, não foi utilizado pelo técnico italiano Carlo Ancelotti devido ao excesso de estrangeiros no elenco napolitano.

Após passagem frustrada pela Itália, o atacante retornou na temporada seguinte Portugal. Nesse ínterim, teve passagem destacada pelo Rio Ave e novamente mostrou faro de gol. Ele balançou as redes do adversário em 14 das 20 partidas que disputou. Com isso, voltou a entrar no radar de grandes clubes da Europa.

Logo depois, Carlos Vinícius foi negociado com o Mônaco. Ele foi contratado a pedido do técnico português Leonardo Jardim, mas não conseguiu repetir as boas atuações que realizou com a camisa do Rio Ave. O brasileiro marcou apenas dois gols, disputou 16 partidas e amargou o banco de reservas durante a breve passagem pelo futebol francês.

Antes de acertar com o Benfica na temporada 2019/2020, Carlos Vinícius estava na mira dos rivais Porto e Sporintg. Porém, os Encarnados foram mais rápidos e conseguiram sacramentar a transação comprando dos direitos econômicos do jogador junto ao Napoli, da Itália, por R$ 71 milhões.

LEIA MAIS: