Atlético: Rafael responde diretor do Cruzeiro que o chamou de “ingrato”

Ex-Cruzeiro, Rafael chega ao Atlético com um contrato de três temporadas

Eder Bahúte
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: TV Galo

Apresentado nesta quarta-feira como novo goleiro do Atlético, Rafael falou pela primeira vez sobre as duras declarações dadas por Carlos Ferreira Rocha, integrante do Núcleo Dirigente Transitório do Cruzeiro, que o viu como ‘ingrato’ e ‘ganancioso’ ao tratar sobre sua saída do clube celeste.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

A irritação ocorreu depois que Rafael decidiu entrar na justiça, no começo deste ano. Carlos se viu surpreendido com a atitude do goleiro, que mais tarde acertou sua rescisão contratual.

Indagado sobre o tema, Rafael não quis entrar em polêmica com o dirigente e disse estar com a consciência tranquila.

“Eu preferi ficar calado porque eu adoto postura de não ficar discutindo, minha família sabe, estava comigo em todas as reuniões que tivemos, e não é a opinião de uma pessoa que vai dizer a opinião de todos que trabalham lá no Cruzeiro. Foi opinião do Carlos, apenas, que disse isso, mas tenho certeza que não é a opinião formada de todos os profissionais. Tenho consciência tranquila de todas as reuniões, de tudo que ocorreu, mas não queria voltar, relembrar, porque, por mais que tenha ferido, palavras que não são verdade”, disse.

“Não guardo mágoa nenhuma. Eu sigo em frente, ele lá, eu aqui, cada um vai para caminhos diferentes, sonhos diferentes. Ficar remoendo isso é pior. Tenho muitas coisas bonitas para ver, para trabalhar, para treinar. Vamos olhar para frente, dar start nesse projeto, porque estou sendo muito bem recebido e muito ansioso para começar”, completou.

Rafael e Atlético assinaram um vínculo válido por três temporadas. Caso cumpra algumas metas, há ainda a chance de estender o período por mais um ano.

LEIA MAIS: