Náutico: Jean Carlos foi sondado por cinco equipes da Série A, afirma empresário do meia

Meia é o artilheiro do Timbu neste início de temporada com seis gols marcados

Cido Vieira
Jornalista em formação, e apaixonado por futebol desde criança. No Torcedores.com, trabalho como setorista do Botafogo e futebol nordestino

Crédito: Caio Falcão - Divulgação - Náutico

Referência no meio-campo do Náutico, o meia Jean Carlos vivenciava o melhor momento da sua carreira antes da paralisação do futebol brasileiro. A boa fase do camisa 10 inevitavelmente já desperta as atenções de grandes clubes brasileiros. Em entrevista ao jornal Diario de Pernambucano, o empresário do jogador, Nilson Moura, revelou que o atleta foi sondados por equipes da elite nacional.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva! Siga o Torcedores também no Instagram

“Fomos procurados por quatro clubes além desses (Ceará e Bahia). Entraram em contato o Atlético-MG, Cruzeiro, Fluminense e Flamengo, mas nada concreto. Pelo jeito que ele gostou de Recife acho muito difícil ele sair neste momento. Só vejo ele deixando o Náutico se for uma proposta muito boa mesmo. O Cruzeiro até tentou forçar uma barra, mas a proposta era muito abaixo de qualquer possibilidade de negociação.”

O meia do Timbu, anteriormente, já havia sido apontado como possível alto de Ceará e Bahia, contudo, tanto a diretoria alvirrubra, quanto o próprio jogador fizeram questão de tranquilizar a torcida do Náutico. Inicialmente, o vice-presidente do clube, Diógenes Braga, informou que o meia só sairia mediante ao pagamento de uma alta multa rescisória, a qual definiu como “multimilionária”. Posteriormente, o jogador reforçou em coletiva o compromisso que tem o Timba.

“Eu tenho dois anos de contrato e agradeço demais a confiança que o clube teve em mim. É claro que quando se começa bem e se tem destaque nas competições é normal que apareçam (propostas), mas até agora não houve nada em mim.”

Jean Carlos desembarcou nos Aflitos na reta final da campanha alvirrubra na Série C e foi decisivo para a conquista do acesso e do título no certame nacional. Na atual temporada, o camisa 10 marcou seis tentos e deu quatro assistências. O índice representa quase 50% dos tentos anotados pelo Timbu no ano.

LEIA MAIS: