“Penso que iria continuar mesmo se tivesse a Olimpíada”, diz empresário de Honda sobre renovação com o Botafogo

Honda tem contrato até dezembro com o Botafogo

Wilson Pimentel
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Vitor Silva /Botafogo

Com o contrato até dezembro de 2020, Keisuke Honda vem conversando com os dirigentes do Botafogo para estender o seu vínculo por mais uma temporada. Apesar de ter disputado apenas uma partida neste ano, o japonês corria o risco de não cumprir o vínculo com o clube. Antes de mais nada, o acordo prevê uma cláusula que pode ser rescindido após os Jogos Olímpicos de Tóquio, caso uma das partes assim deseje.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

Cartão de crédito sem anuidade? Abra sua conta Meu BMG agora!

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!

Siga o Torcedores também no Instagram

Com o adiamento da Olimpíada por causa da pandemia de coronavírus, Honda tem boas chances seguir no Botafogo. Afinal, o COI determinou que o torneio seja realizado do somente em 2021. Por outro lado, o japonês vem demonstrando a pessoas próximas que tem interesse em seguir atuando no futebol brasileiro. O empresário do astro japonês, Marcos Leite, garante que Honda está sabendo lidar muito bem com o problema que atingiu todo o mundo.

“Eu converso sempre com ele. Falei, inclusive, com ele há pouco. Ele está supertranquilo, muito feliz no Botafogo. Nada mudou. Penso que ele já iria continuar mesmo se tivesse a Olimpíada. Ele está se sentindo em casa e adorou a torcida”, disse Marcos Leite ao site “FogçaoNET”.

Segundo Ricardo Rotenberg, vice-presidente comercial e marketing do Botafogo, a renovação de Honda não preocupa os membros do Comitê Executivo de Futebol do clube. A princípio, o jogador vem demonstrando interesse em renovar seu contrato.

“Ele está tranquilo. Fica até dezembro e acredito que até mais”, disse.

Honda segue no Rio de Janeiro em meio a pandemia de coronavírus

Com a paralisação do futebol por causa da pandemia de coronavírus, Keisuke Honda preferiu seguir no Rio de Janeiro. De acordo a diretoria do Botafogo, o jogador ainda está em fase de adaptação a cultura e estilo de vida brasileiro. Dessa forma, o japonês segue tratando, juntamente com seu empresário, da mudança de seus familiares para o Brasil.

LEIA MAIS: